7 outubro 2022 1:49
7 outubro 2022 1:49

Conheça o Museu do IML: o bizarro ‘Museu de Ciências Forenses’ localizado dentro do Instituto Médico Legal (IML) do Paraná

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -
Com dezenas de histórias bizarras, e relacionadas aos crimes no estado, o Museu de Ciências Forenses, localizado dentro do Instituto Médico Legal (IML) em Curitiba, Paraná – PR, ainda não é conhecido por grande parte da população da cidade.
Acervo de objetos reunidos em cenas de crime. MUSEU IML. Foto: Geraldo Bubniak
O acervo reúne inúmeros objetos de cenas de crimes, corpos mumificados, crânios em prateleiras, fetos, documentos, fotos, vídeos, e até mesmo equipamentos que um dia foram utilizados para a construção de um retrato falado.
Objetos utilizados como provas e materiais recolhidos pelos peritos e encaminhados ao museu. Foto: Geraldo Bubniak.
Entre as histórias curiosas do local está a do serial killer conhecido como “Paraibinha” (o 3⁰ da foto, da esquerda para a direita), que matou dezenas de vítimas com uma foice, e espreitava suas vítimas durante dias até o momento da morte. O criminoso, que teve seu corpo mumificado e exposto no museu, morreu ironicamente com golpes de foice, durante uma briga na região.
O serial killer conhecido como “Paraibinha” (o 3⁰ da foto, da esquerda para a direita), que matou dezenas de vítimas com uma foice. Foto: Geraldo Bubniak.
Visitas ao Museu de Ciências Forenses estavam restritas a estudantes e profissionais de algumas áreas sob agendamento mas, à partir desse ano, a abertura ao público ocorre sem restrição na última segunda-feira de cada mês.
Acervo de objetos recolhidos em cenas de crimes. Foto: Geraldo Bubniak. 

Além de despertar a curiosidade da população por mostrar histórias de crimes e mortes inusitadas que aconteceram no estado, as peças agregam novos elementos à formação de estudantes de áreas relacionadas à medicina legal.

Fonte/ Portal Super científico

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS