2 dezembro 2022 2:17
2 dezembro 2022 2:17

Concurso INSS: com até 3.373 aprovados, ministro prevê convocações

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

As inscrições para o concurso INSS seguem abertas. Com oferta de mil vagas imediatas, no cargo de técnico do seguro social, de nível médio, é possível que mais candidatos conquistem uma oportunidade, considerando os limites de classificação estabelecidos no edital.

Conforme o documento, serão convocados para a matrícula, nas primeiras turmas do curso de formação, os candidatos classificados dentro do número de vagas imediatas (mil).

No entanto, seguindo o anexo VII do edital, até 3.373 candidatos têm chances de classificação no concurso, sendo pelo menos 2.487 na ampla concorrência.

Esse número corresponde ao limite permitido pelo  Decreto 9.739 de 2019 , que traz as regras para os concursos públicos do Executivo Federal.

Na última terça-feira, 27, trechos do decreto foram retificados, mas isso não irá impactar o INSS. Segundo a autarquia, não houve alteração no anexo II, que trata sobre os limites de chamamentos para concursos com apenas uma etapa.

Desta forma, o número máximo permanece o mesmo: 3.373. Com isso, os candidatos classificados dentro desse quantitativo terão chances de convocação.

Segundo o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Guilherme Serrano, as chamadas além das vagas imediatas dependerão do orçamento do Governo Federal.

Para o ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, a autorização do edital já é um indicativo de que o Executivo Federal está atento à demanda da autarquia.

“Isso é uma questão que a gente vai discutir no início do próximo governo. Existe essa previsão (Orçamento 2023), não tem carimbo para qual órgão vai ser, vai depender da nossa articulação com o Planalto. Não tenho dúvidas de que a gente vai conseguir, sim, chamar pessoas desse cadastro remanescente do concurso“, disse o ministro. 

Confome o presidente do INSS, a previsão é de que o resultado das provas do concurso seja publicado ainda este ano, com o início da formação já em fevereiro de 2023.

“Prova dia 27, resultado final em 2022, janeiro convocação para o curso, final de fevereiro e começo de março a ambientação dos servidores (já nomeados)”, explicou Guilherme Serrano.

Concurso INSS inscreve até outubro

As inscrições para o concurso INSS já estão abertas e devem ser realizadas pelo  site do Cebraspe , organizador. Os interessados podem se inscrever até as 18h do dia 3 de outubro.

As oportunidades estão distribuídas por todo o país, devendo o candidato, no ato da inscrição, escolher a Gerências Executivas (GEX) que deseja concorrer. Confira aqui a distribuição das vagas por estado.

Para participar da seleção, é preciso pagar uma taxa de R$85, até o dia 21 de outubro. Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e doadores de medula óssea podem solicitar a isenção da taxa, durante todo o período de inscrição.

  • Concurso INSS: autarquia fala do curso de formação, cronograma e mais

Com mil vagas para o cargo de técnico do seguro social, os aprovados e contratados terão uma remuneração inicial de até R$5.905,79, para jornada de 40 horas. O regime de contratação será o estatutário, que assegura a estabilidade do servidor público.

Concurso INSS terá provas em novembro

Os candidatos do concurso INSS serão avaliados por provas objetivas e, se aprovados nos quantitativos previstos no edital, por meio de um curso de formação.

A primeira etapa está marcada para o dia 27 de novembro. A avaliação ocorrerá nas cidades que correspondem à Gerência Executiva do INSS a qual o candidato concorre.

Ao todo, a prova objetiva contará com 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. Na parte geral, serão cobradas as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Ética no Serviço Público;
  • Noções de Direito Constitucional e Administrativo;
  • Raciocínio Lógico; e
  • Noções de Informática.

Com a prova no modelo “certo” ou “errado”, será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a dez pontos na parte de Conhecimentos Básicos, 21 ou mais na área Específica e, pelo menos, 36 pontos no conjunto das provas.

Serão convocados para a matrícula, nas primeiras turmas do curso de formação, os candidatos classificados dentro do número de vagas imediatas previsto no edital (mil).

O primeiro curso de formação será realizado nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Para ser aprovado nesta última etapa, o candidato precisará alcançar notas satisfatórias nas provas objetivas e discursivas que compõem essa etapa.

Durante a formação, o concorrente ainda fará jus, a título de auxílio financeiro, a 50% da remuneração da classe/padrão inicial do cargo.

Folha Dirigida

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS