25 setembro 2022 2:52
25 setembro 2022 2:52

China é atingida por terremoto de 6,6 graus de magnitude e ao menos 21 mortos já foram confirmados

Tremor teve epicentro na região montanhosa de Sichuan; Chengdu também foi afetada e população está proibida de deixar o local por causa do confinamento de Covid-19.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um terremoto de 6,6 graus de magnitude atingiu o sudoeste da China nesta segunda-feira, 05 de setembro, e deixou ao menos 21 mortos, de acordo com o primeiro balanço divulgado pelas autoridades locais e pelo canal público CCTV.

A cidade de Ya’an informou 14 mortos na região rural de Shimian, próxima ao epicentro, segundo a CCTV. Outras sete mortes foram relatadas pela prefeitura da vizinha Graze. O tremor aconteceu por volta das 13h (2h horário de brasília) e teve epicentro na região montanhosa de Sichuan, 200 km ao sudoeste da cidade de Chengdu, segundo o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Terremoto de 6,6 graus de magnitude foi registrado no sudoeste da China. Foto: Reprodução.

A profundidade do terremoto foi estimada em 10 km e seu epicentro foi situado a 39 km do cantão de Luding. Casas foram gravemente afetadas e as linhas telefônicas interrompidas em algumas regiões. As autoridades ainda não informaram sobre os danos na cidade. Chengdu tem aproximadamente 21 milhões de habitantes e, como está sob confinamento, as pessoas não estão autorizadas a saírem de seus complexos residenciais.

Mais de 500 bombeiros e funcionários das equipes de emergência foram enviados à região, informou a agência estatal Xinhua. A província de Shimian registra terremotos com frequência. Em junho, um abalo de magnitude 6,1 sacudiu a província e deixou pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos. Em maio de 2008, um tremor muito potente, de magnitude 7,9, deixou 87 mil mortos e desaparecidos em Sichuan, uma catástrofe que comoveu o mundo.

Fonte/ Portal Jovem Pan

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS