2 outubro 2022 9:29
2 outubro 2022 9:29

Carteira assinada: Conclusão do ensino médio garante emprego a três de cada quatro

Contratações superam as demissões em todos os graus de instrução, mostram dados do Caged com base no mês de julho

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A conclusão do ensino médio garantiu 75,6% das 218.892 contratações com carteira assinada realizadas no mês de julho, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Entre áreas que mais contrataram profissionais com diploma do segundo grau aparecem a produção de bens e serviços industriais (+68.511 vagas) e, em serviços, vendas do comércio em lojas e mercados (+62.962).

Também foram mais contratados do que demitidos no mês os profissionais de serviços administrativos (+31.807 postos), os técnicos de nível médio (+15.811), os trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca (+5.520) e aqueles que atuam no serviço de reparação e manutenção (+3.844) e com ciências e artes (+3.172).

Na análise por idade, mais da metade (55,85%) daqueles contratados com ensino médio completo tinha entre 18 e 24 anos. As faixas etárias entre 30 e 39 anos (+24.503 vagas), 25 e 29 anos (+22.315) e 40 e 49 anos (+17.139) também foram privilegiadas pelos empregadores. Apenas os profissionais com mais de 65 anos com o grau de instrução no nível médio tiveram postos cortados em julho.

No mês, todos os níveis de instrução apresentaram mais contratações do que demissões. Os demais destaques ficam por conta do ensino médio incompleto (+19.022), fundamental incompleto (+13.781), fundamental completo (+11.940) e superior incompleto (+5.936).

No acumulado do ano, as vagas destinadas aos trabalhadores com o ensino médio completo também sobressaíram, com mais de 1 milhão de novas contratações formais no intervalo de sete meses. Na sequência, aparecem aqueles com ensino superior completo (+164.885 vagas) e ensino médio incompleto (+112.402).

Fonte: R7

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS