5 outubro 2022 7:10
5 outubro 2022 7:10

“Brasil quer paz”: Tebet aposta em baixa rejeição para conseguir votos

Emedebista vê sua candidatura ao Palácio do Planalto como "consolidada" e espera que baixa rejeição amplie seu rendimento nas pesquisas

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A candidata do MDB à Presidência da República, Simone Tebet, afirmou, nesta segunda-feira (12/9), que se vê como nome de maior potencial para fazer frente ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – líderes das pesquisas eleitorais de intenção de voto para o Palácio do Planalto.

 A emedebista avalia que sua baixa rejeição poderá lhe garantir um desempenho nas urnas ainda melhor do que indicam os levantamentos.

“Nós saímos de 2% e, hoje, pontuamos 7%. Acabou de sair uma pesquisa nesse sentido. Somos a candidatura que apresenta a menor rejeição. Isso significa que representamos exatamente o fim dessa polarização. O Brasil quer paz”, defendeu a senadora, em agenda de campanha em Montes Claros (MG).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS