7 outubro 2022 2:55
7 outubro 2022 2:55

Bolsonaro decide ir a debate no SBT e ainda avalia o da Globo; Lula não participará do embate

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Mais um debate entre os candidatos à Presidência da República será realizado neste sábado (24) —segundo apurou o UOL, o presidente Jair Bolsonaro (PL) vai participar do programa, mas seu principal concorrente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não deve estar presente.

O evento é organizado por SBT, CNN Brasil, Estadão, Terra, Veja e as rádios Eldorado e Nova Brasil, com transmissão a partir de 18h15, e será nos estúdios do SBT, em Osasco, na Grande São Paulo.

Outro debate, na TV Globo, já está programado para o dia 29, às vésperas do primeiro turno, que acontece em 2 de outubro.

Para o debate no SBT, foram convidados sete presidenciáveis. O pool de veículos chamou apenas aqueles cujos partidos possuem ao menos cinco representantes na Câmara dos Deputados, conforme determina a legislação eleitoral. Além de Lula e Bolsonaro, são eles: Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União Brasil), Felipe d’Avila (Novo) e Padre Kelmon (PTB).

Bolsonaro confirmou presença no SBT. Integrantes da campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, disseram ao UOL, na tarde desta terça (20), que o presidente confirmou presença no debate do SBT e que o compromisso já está em sua agenda oficial. Faria é casado com Patrícia Abravanel, apresentadora do canal e uma das filhas de Silvio Santos.

Nos últimos dias, auxiliares de Bolsonaro discutiram com os meios de comunicação os detalhes do debate e avaliaram que a participação do presidente pode ser positiva para a campanha. A decisão, segundo fontes do governo, será mantida mesmo sem a participação de Lula.

Mais cedo, um integrante da campanha tinha informado à reportagem que o chefe do Executivo marcou um evento de campanha em Campinas, no interior, na manhã de sábado justamente pela proximidade com a capital paulista, onde ficam os estúdios do SBT.

Continua depois da publicidade

Lula não vai. Embora oficialmente o petista não tenha enviado uma resposta à organização do debate, a campanha disse à reportagem hoje que ele não irá.

Até a manhã desta terça, apenas Lula e Bolsonaro não tinha confirmado presença ao pool. Os demais presidenciáveis enviaram resposta.

“Falta tempo”. De acordo com a campanha do petista, falta tempo hábil para que Lula não só se prepare como compareça aos estúdios do SBT. Para os próximos dias, na reta final da campanha, a agenda está cheia —e não conta com o programa:

Na próxima sexta (23), ele irá a Ipatinga (MG) para um comício junto ao ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD), candidato ao governo de Minas Gerais;

No sábado (24), volta para São Paulo para dois comícios na capital, na zona leste e na zona sul, ao lado de Fernando Haddad (PT), candidato ao governo;

No domingo (25), voa para o Rio de Janeiro, para um ato que deverá ter a presença inédita do prefeito Eduardo Paes (PSD)..

É esperado que, na hora do debate, ele esteja no segundo compromisso na capital paulista.

Check. Além disso, como o debate é um pool entre SBT e CNN Brasil, a campanha entende que o ex-presidente já falou com os dois públicos que poderia atingir. Na semana passada, ele participou de uma sabatina na CNN e, na quinta (22), concederá uma entrevista ao apresentador Ratinho, do SBT —o que deixa o assunto com as emissoras como resolvido.

Além disso, ele já deixou claro que considera o formato dos debates ultrapassado, com muito tempo de espera e pouco tempo de fala.

Sem Lula, como ficará o debate? A disposição no estúdio, definida em sorteio, terá Tebet, Lula (no caso, um púlpito vazio no lugar do candidato diante de sua ausência), Soraya e d’Ávilla à direita do jornalista Carlos Nascimento, que apresentará o debate e ficará posicionado no centro. Bolsonaro, Ciro e Padre Kelmon ficarão à esquerda do âncora.

Como será o debate? Com 2h15 de duração, o debate será dividido em quatro blocos. Dois blocos (1 e 3) serão de confronto direto entre os presidenciáveis e, em outros dois (2 e 4), eles responderão perguntas feitas pelos jornalistas dos veículos que promovem o evento.

Sem plateia. No estúdio serão permitidos apenas os presidenciáveis e quatro assessores de cada um. Os demais convidados ficarão num lounge que terá transmissão do evento por meio de telão.

Reta final. O último debate presidencial ocorrerá na TV Globo, na quinta-feira da semana que vem. Questionada sobre a confirmação da presença de candidatos, a emissora disse que ainda divulgará informações sobre o evento. A votação será três dias depois.

Auxiliares de Bolsonaro afirmam que ele deve participar, mas nada ainda foi definido —a decisão só sairá às vésperas do debate. Lula já tem falado que vai a este evento.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS