2 outubro 2022 3:46
2 outubro 2022 3:46

Benefícios são concedidos para quem possui Cadastro Único

O CadÚnico pode ser utilizado para acessar diferentes benefícios, confira agora quais são eles.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Cadastro Único (CadÚnico) é um instrumento do Ministério da Cidadania cujo objetivo é identificar e caracterizar famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social, isto é, com baixa renda. Nesse sentido, o CadÚnico é útil para que essas pessoas tenham acesso a diversos benefícios. Confira agora quais são esses serviços.

Cadastro Único auxilia na formulação de políticas públicas

O CadÚnico serve como uma ferramenta para dar apoio à formulação e implementação de políticas públicas voltadas para a melhoria das condições de vida das famílias brasileiras. Os governos Federal, Estadual e Municipal utilizam as informações concedidas pelas famílias como base para a criação de programas específicos.

Programas sociais e benefícios concedidos para quem possui Cadastro Único

Diversos programas sociais utilizam o CadÚnico e, do mesmo modo, há uma série de benefícios voltados para quem possui o cadastro. Essa é uma maneira de minimizar a desigualdade social no Brasil. Confira a seguir quais são esses programas e benefícios.

  • Auxílio Brasil;
  • Minha Casa Minha Vida;
  • Benefício de Prestação Continuada;
  • Identidade Jovem (ID Jovem);
  • Carteira do Idoso;
  • Telefone Popular;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Aposentadoria destinada a Pessoas de Baixa Renda;
  • Isenção no pagamento de taxas para inscrição em concursos públicos;
  • Água para todos;
  • Programas Cisternas;
  • ENEM;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Bolsa Estiagem;
  • Bolsa Verde (Programa voltado ao Apoio à Conservação Ambiental);
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Crédito Instalação;
  • Carta Social;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti);
  • Serviços Assistenciais.

Quem pode ter acesso ao CadÚnico?

Famílias que possuam renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo e/ou então renda mensal total de no máximo três salários mínimos. Além disso, pessoas que moram sozinhas ou que vivem em situação de rua também podem fazer o cadastro. Cabe destacar que alguns programas exigem a inscrição no Cadastro Único.

Como se cadastrar?

Para fazer o CadÚnico é necessário procurar um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou prefeitura-bairro do seu município e apresentar pelo menos um desses documentos: Carteira de identidade (RG), CPF, carteira de trabalho, título de eleitor, certidão de casamento, certidão de nascimento, certidão administrativa de nascimento do indígena (RANI).

Fonte: Edital Concursos Brasil

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS