29 setembro 2022 11:43
29 setembro 2022 11:43

Arboleda surpreende e pode retornar ao São Paulo ainda em 2022; DM segue cauteloso

Apesar de sonharem com títulos e vaga na Libertadores, o São Paulo e o zagueiro Arboleda, têm objetivos diferentes neste momento na temporada.

Por Otávio Damasceno

- Publicidade -

O Tricolor está totalmente focado na decisão da Copa Sul-Americana, e no dia 1° de outubro, encara o Independiente Del Valle, do Equador, em Córdoba, na Argentina, valendo o título continental. Já o defensor sonha em disputar sua primeira Copa do Mundo com a seleção do Equador.

Contudo, o sonho do defensor ficou mais complicado após ele romper os ligamentos e fraturar o tornozelo esquerdo. A primeira previsão apontava que o equatoriano, que passou por cirurgia, só retornaria a campo no ano que vem.

Entretanto, o zagueiro vem surpreendendo na recuperação e pode apenas reforçar o Equador na Copa do Mundo, no fim de novembro. Pessoas ligadas à diretoria do São Paulo acreditam na possibilidade de o xerife voltar a campo nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Os jogos finais do Brasileirão serviriam como uma maneira de Arboleda pegar ritmo para disputar a Copa pelo Equador. O zagueiro terminou as Eliminatórias Sul-Americanas como reserva da equipe.

Antes, estava descartada a ideia de que Arboleda pudesse defender o São Paulo ainda nesta temporada. Além de estar sem ritmo, o zagueiro e o clube não queriam correr o risco de agravar a lesão. Contudo, a recuperação rápida fez com que o equatoriano sonhasse em defender o Tricolor ainda neste ano.

O departamento médico do clube ainda prega cautela por conta da gravidade da lesão e evita fazer projeções. Todo passo vem sendo calculado, mas a recuperação do equatoriano tem surpreendido pela rapidez de sua evolução.

Copa do Mundo surgiu de motivação para Arboleda

A Copa do Mundo surgiu como grande motivação para o processo quase integral de recuperação. A velocidade para o jogador retornar é considerada um sucesso muito graças ao próprio atleta, que tem focado na rotina das atividades. Além dos trabalhos com o São Paulo, Arboleda contratou um personal trainer para seguir o processo em casa. O defensor vem utilizando alguns aparelhos para acelerar a cicatrização das lesões.

“Fiquei tão triste quando me machuquei que até chorei, mas agradeço a Deus, a toda minha família, amigos, terapeutas do clube, torcedores do São Paulo, companheiros de equipe e todos os equatorianos pelo apoio. Isso me deu forças para poder trabalhar e me recuperar rápido. Hoje, me sinto feliz porque estou conseguindo e sei que voltarei mais forte muito. Obrigado a todos”, escreveu o defensor em suas redes sociais

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS