21 setembro 2022 1:07
21 setembro 2022 1:07

Após ser notificado pelo TSE Janones ironiza Bolsonaro e Moro

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Candidato a deputado federal, André Janones (Avante) foi notificado pelo Tribunal Superior Eleitoral, que determinou que ele apague uma publicação feita contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em um vídeo nas redes sociais, Janones usou o caso para se opor a Bolsonaro e também ironizar o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil). O candidato a deputado afirmou que discorda da decisão, mas irá cumpri-la, porque esse é o papel de um democrata.

Eu tô fazendo esse vídeo aqui para mandar um recado: se eles querem radicalizar, eu sei radicalizar! Se eles querem subir o tom, eu sei subir o tom. Então, senhor ministro do TSE, sabe o que eu vou fazer com essa decisão do senhor? Eu vou cumprir essa decisão. Sabe por que? Porque é isso que um democrata faz. É isso que faz alguém que tem respeito pelas instituições do nosso país, alguém que deseja contribuir para o fortalecimento das instituições e, consequentemente, da democracia”, declarou Janones em gravação.

Eu não concordo com essa decisão, mas eu vou demonstrar toda a discordância com argumentos jurídicos, com teses, no bojo do processa, não nas redes sociais, pregando ruptura institucional, jogando, de forma covarde, a população contra ministros, contra a justiça, contra decisões”, afirmou.

André Janones afirmou que vai recorrer da decisão do TSE, mas, se perder, vai seguir respeitando o que foi decidido pela corte. “Eu aprendi nos cursos que fiz após me formar, inclusive com o ex-juiz Sergio Moro, eu aprendi que toda decisão que emana de uma autoridade judiciária, que emana de um juiz, ela é legal – ainda que você discorde. Essa decisão é legal, mesmo eu discordando.”

Fonte: Yahoo!

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS