24 setembro 2022 11:31
24 setembro 2022 11:31

Após 60 dias preso por dívida de pensão, André Gonçalves tira tornozeleira

Por UOL

- Publicidade -

André Gonçalves se livrou da tornozeleira eletrônica na terça (6) depois de cumprir 60 dias de prisão domiciliar por dívidas de pensão alimentícia. O ator assegura que já fez um acordo com a filha mais velha –Manuela, de 24 anos, da relação com a atriz Tereza Seiblitz– e tenta um acerto semelhante com a caçula Valentina, de 19.

“Hoje foi um dia importante. Cumpri essa sanção administrativa de 60 dias e hoje eu tirei um peso dessa situação toda”, disse o intérprete, em entrevista ao jornal O Globo.

A prisão do artista foi decretada pela Justiça de Santa Catarina, como parte do processo movido pela ex-mulher, a jornalista Cynthia Benini. Ela cobra dívidas de pensão alimentícia em favor da filha Valentina.

Gonçalves explicou ainda que vai tentar um acerto com a caçula, nos moldes que fez com Manuela. “Já tenho um acordo com acordo feito com a mais velha e estou terminando de fazer um com a mais nova. Estou bastante empolgado”, acrescentou.

Outro plano do ator é tentar uma vaga no legislativo depois de ter se filiado ao PV (Partido Verde). “Amanhã vou começar minha campanha pelo meio ambiente sociais, a luta que a gente precisa”, diz ele, que se candidatou a deputado estadual pelo Rio de Janeiro.

Prisão de André Gonçalves

André Gonçalves foi preso no início de maio por dever cerca de R$ 450 mil de pensão alimentícia às duas filhas. Ele chegou a passar uma noite na cadeia antes de conseguir uma audiência de custódia, que o indiciou para cumprir a pena em casa —com uma tornozeleira eletrônica.

Ele disse, na ocasião, que a mulher Danielle Winits até se ofereceu para ajudá-lo a quitar os débitos. “Ela já se colocou à disposição várias vezes para me ajudar, mas eu não aceito. Não aceito porque não é justo e porque isso não vai parar”, reclamou o ator.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS