26 setembro 2022 6:17
26 setembro 2022 6:17

Apesar de valores iguais, R$ 600 do AUXÍLIO BRASIL vale menos que o do AUXÍLIO EMERGENCIAL

Desde agosto, o pagamento mínimo do Auxílio Brasil é de R$ 600. No entanto, o valor é menor que os R$ 600 pagos durante a vigência do Auxílio Emergencial.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Desde agosto, o pagamento mínimo do Auxílio Brasil é de R$ 600. No entanto, o valor é menor que os R$ 600 pagos durante a vigência do Auxílio Emergencial. De todo modo, o pagamento ampliado do programa social só deve durar até dezembro deste ano.

A princípio, é importante deixar claro que a diferença entre os valores dos projetos, embora aparentemente sejam iguais, está na taxa inflacionária vigente em cada período de distribuição dos benefícios. A discrepância é de 20,7% de abril de 2020 até junho de 2022.

Desse modo, considerando a taxa citada, seria necessária uma correção sobre os R$ 600 do Auxílio Emergencial. Logo, atualmente o pagamento mínimo do Auxílio Brasil deveria ser de R$ 725. Em outras palavras, precisaria de R$ 125 a mais para que o poder de compra fosse compatível.

Valor do Auxílio Brasil

Em primeiro lugar, o adicional de R$ 200 para o Auxílio Brasil, que elevou o valor mínimo do benefício de R$ 400 para R$ 600, está disponível por conta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das Bondades.

A medida terá validade entre agosto e dezembro deste ano. Os gastos totais serão de R$ 41,2 bilhões. Contudo, é importante frisar que PEC também abriu espaço para mais beneficiários na folha de pagamento do programa.

Fraudes

Dentro do Governo Federal há um certo temor de que as fraudes que se viram no Auxílio Emergencial voltem a acontecer em um mesmo nível no Auxílio Brasil. Assim, eles decidiram aumentar a investigação sobre os usuários.

Entre os pagamentos de agosto e setembro, o Ministério da Cidadania deverá realizar mais um pente-fino nas contas dos mais de 20 milhões de usuários do Auxílio Brasil. A ideia é justamente tentar impedir as irregularidades.

“Estamos com uma política muito forte nesse batimento de dados, nesse cruzamento de dados, para fazer com que o recurso realmente chegue nessas famílias que necessitam”, disse o Ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento.

Quem recebe o Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é concedido para as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). No entanto, ainda é necessário se enquadrar nas regras de elegibilidade, sendo elas:

  • Ter renda familiar per capita mensal de até R$ 105, caracterizando família em situação de extrema pobreza;
  • Ter renda familiar per capita mensal entre R$ 105,01 a R$ 210, caracterizando família em situação de pobreza, porém, desde que tenha em sua composição gestante, nutriz ou pessoa de até 21 anos incompletos.

Além desses critérios básicos, existem três possibilidades de entrar no Auxílio Brasil, segundo o Ministério da Cidadania. Confira:

  • Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente;
  • Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva;
  • Se não está no CadÚnico, é preciso buscar um CRAS para registro, sem garantia de receber.

Calendário de setembro do Auxílio Brasil

Os repasses do benefício já foram iniciados este mês. Veja as datas a seguir:

Final do NIS Datas de pagamento
1 19 de setembro
2 20 de setembro
3 21 de setembro
4 22 de setembro
5 23 de setembro
6 26 de setembro
7 27 de setembro
8 28 de setembro
9 29 de setembro
0 30 de setembro

 

Fonte/ noticiasconcursos.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS