3 outubro 2022 7:43
3 outubro 2022 7:43

Americano faz salto mais difícil da história na patinação no gelo

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O dia 14 de setembro de 2022 ficará marcado para sempre na história da patinação artística. Na quarta-feira a noite, o americano Ilia Malinin completou o axel quádruplo, salto mais difícil da modalidade, em um torneio disputado disputado em Lake Placid, no estado de Nova York, nos Estados Unidos.

O salto quádruplo, como diz o nome, são quatro voltar em torno de sí. Mas o axel quádruplo envolve em começar o giro de frente e depois terminar para trás. Assim, na verdade, são quatro voltas e meia que o atleta tem que dar para completar o salto. O campeão olímpico Nathan Chen, por exemplo, já deu vários giros quádruplos, mas nunca um axel.

– Quando estou treinando, é muito fácil descobrir o tempo certo do salto e tudo para que seja uma boa execução. Fazer isso na competição é uma história diferente porque você tem nervos e pressão que podem atrapalhar isso. Então eu tenho que tratá-lo como se estivesse em casa, e é muito bom – disse o jovem de 17 anos.

Em fevereiro, o japonês Yuzuru Hanyu, um dos melhores da atualidade, quase completou o salto, mas acabou tendo uma queda no fim do quarto giro, ficando muito perto do feito.

O salto recebeu um valor base total de 12,50 pontos (o mais valioso para qualquer um dos seis saltos quádruplos, pois é o mais difícil, exigindo quatro voltas e meia), mais uma nota 1,00 de execução de um painel de juízes.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS