2 dezembro 2022 12:58
2 dezembro 2022 12:58

Adolescente é morto a facadas após ferir pai e filho a tiros

Na terça-feira, 27, a polícia militar retornou a localidade onde aconteceu os crimes e prendeu os dois acusados (Valdemar e Ivanes), que entregaram duas armas de fogo e duas facas

Por Angélica Florêncio/Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma dupla tentativa de homicídio e um homicídio foram registrados no município de Tarauacá, na noite de segunda-feira, 26, na Sede do Rio Gregório, na Comunidade São Paulo, na zona Rural do município.

Conforme a PM, os militares foram acionados via telefone, que passava a informação que provavelmente na Comunidade Gregório, estaria ocorrendo um tiroteio e havia pessoas feridas no local. De pronto, a guarnição iniciou o caminho até a ocorrência.

Os militares afirmaram que antes de chegar na colocação, encontraram uma viatura do Corpo de Bombeiros Militar, que já transportava duas vítimas do ocorrido, identificadas por Raimundo Prudêncio, de 58 anos, e Antônio Oliveira, de 28 anos, ambos estavam na carroceria da caminhonete dos bombeiros, feridos por arma de fogo.

Raimundo Prudêncio, de 58 anos, e Antônio Oliveira, de 28 anos, sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros de Tarauacá. Foto: cedida

Os policiais militares seguiram viagem e foram até o local dos fatos, onde o crime aconteceu. Quando a guarnição chegou na Comunidade São Paulo, populares informaram aos PMs, que o menor teria ido até o local e atirou de espingarda nas vítimas Raimundo e Antônio, que ficaram caídos ao solo, cada um foi atingido por pelo menos um tiro. Em seguida, o autor dos disparos, fugiu do local.

Em seguida, outros filhos do senhor Raimundo, identificados por Valdemar Oliveira da Silva, de 22 anos e Ivanes Oliveira da Silva, de 26 anos, chegou no local e viu o pai e o irmão caídos, achando que eles estariam mortos, os irmãos foram em busca do acusado e encontraram o menor no Igarapé Pedra, onde foi morto com várias facadas.

Após algumas horas de barco subindo o Rio Gregório, a equipe da Polícia Militar chegou até a residência dos acusados de tirar a vida do menor. No local, foi encontrado a mãe dos irmãos Valdemar e Ivanes, que disse aos militares, que os filhos só mataram Evanilson (menor) porque ele atirou em duas pessoas da família (Raimundo e Antônio).

Raimundo Prudêncio ferido por disparos de arma de fogo. Foto: cedida

Na terça-feira, 27, a polícia militar retornou a localidade onde aconteceu os crimes e prendeu os dois acusados (Valdemar e Ivanes), que entregaram duas armas de fogo e duas facas e indicou aos militares onde estava o corpo do adolescente, de 15 anos. Na ocasião, os presos informaram a guarnição que o pai do menor, identificado por Edio, conhecido como “Nanbu”, estava rondando a região para vingar a morte do filho.

Diante dos relatos, a PM foi até a casa de Edio e perdiu que ele acompanhasse a guarnição até a cidade. Os três presos foram entregues a Delegacia do município de Tarauacá, e ficarão a disposição da justiça.

O corpo do menor, foi recolhido pela Polícia Civil, onde será levado para os exames cadavéricos e depois será entregue a família.

Adolescente de 15 anos, morto a facadas na Comunidade São Paulo em Tarauacá/AC

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS