24 setembro 2022 7:30
24 setembro 2022 7:30

Uma noite de golaços e de protagonismo do VAR na Copa do Brasil

Fluminense, Corinthians e Flamengo avançaram às semifinais, eliminando Fortaleza, Atlético-GO e Athletico-PR, respectivamente

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O Fluminense, com a boa vontade do VAR, arrancou um empate com o Fortaleza e avançou; o Corinthians, com Yuri Alberto desencantando e marcando três gols, atropelou o Atlético-GO; e o Flamengo, com o golaço de Pedro, deixou o Athletico-PR para trás.

Este é o resumo da quarta-feira (17/8) de Copa do Brasil. Classificaram-se os clubes de mais tradição e de mais torcida. Teoricamente, seriam os preferidos da CBF para tornar as semifinais ainda mais atraentes para os torcedores de todo o pais.

Mas não podemos deixar de registrar que o Fluminense teve uma ajuda substancial do VAR, principalmente na marcação do pênalti que resultou no início de sua reação. É muito difícil entender como esses caras, com os recursos do vídeo, conseguem tomar a decisão equivocada.

Na Neo Química Arena, o Corinthians praticamente salvou o emprego do técnico Vítor Pereira. Depois de toda a polêmica provocada pela derrota no clássico diante do Palmeiras (“Você sabe qual é a minha conta bancária?”), o Time precisava de no mínimo dois gols, mas contou com uma noite iluminada do atacante Yuri Alberto, que resolveu desencantar marcando logo três. A Fiel foi à loucura.

E na vitória do Flamengo, além da classificação dificílima contra o Athletico, precisamos fazer um registro im portante:: o gol de meia-bicicleta de Pedro pode ter carimbado o seu passaporte para integrar a lista de convocados de Tite. A comissão técnica da CBF estava na baixada e registrou tudo. Tite gosta dele.

Foi o gol certo, na hora certa.

Fonte: Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS