7 outubro 2022 2:38
7 outubro 2022 2:38

Susto nos clientes: Por conta das tatuagens, pai é expulso de mercado na frente dos filhos

Homem conhecido por ser um dos mais tatuados do Reino Unido conta ter sido vítima de discriminação

Por Portal R7

- Publicidade -

Keith Gordon, de 66 anos — conhecido por ser um dos homens mais tatuados do Reino Unido — revelou ter sido expulso de um supermercado por conta do seu visual nada convencional.

Keith disse que estava no estabelecimento acompanhado dos três filhos quando um gerente pediu que ele se retirasse do local. O caso ocorreu recentemente, durante uma viagem à cidade de Brighton.

“Eu não pude acreditar que ele teve a audácia de vir até mim para falar sobre como eu estava na frente dos meus filhos. É meu corpo, minha escolha, e o comportamento dele foi muito discriminatório”, afirma Keith.

O homem conta que as pessoas no estabelecimento, incluindo funcionários, olhavam para ele de forma agressiva.

Após passar pela situação embaraçosa, Keith fez uma reclamação contra o supermercado, que assumiu o erro no tratamento. Um pedido de desculpas foi apresentado, e ele recebeu um voucher de 20 libras (R$ 119,10, em conversão direta) para ser gasto no local.

“Eles pareciam tristes e zangados, mas não entendo o porquê”, completa Gordon.

O britânico fez a primeira tatuagem aos 17 anos e diz ter perdido a conta do número de desenhos que traz no corpo. Para ele, ter tatuado toda a cabeça foi a experiência de modificação corporal “mais extrema” que já viveu.

Outro usuário da rede comentou ‘é tão real que assusta.’ Apesar das controvérsias, o talento do profissional é inegável

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS