24 setembro 2022 1:32
24 setembro 2022 1:32

‘Socorro, ele vai nos matar’: crianças pediram ajuda e bandido foi morto com 7 tiros

Moradores estavam dormindo quando bandido invadiu casa dizendo que iria matar a todos

Por Miadiamax Uol

- Publicidade -

Márcio de Souza Batista, de 44 anos, morreu em um confronto com a polícia de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, após invadir uma casa, durante a madrugada desta quarta-feira (17). Os moradores estavam dormindo durante a invasão.

A invasão aconteceu depois da meia-noite, e na casa estavam o casal e os dois filhos de 4 e 12 anos. Márcio pulou o muro e tentou arrombar uma janela, mas ela tinha grades, o que impossibilitou a sua entrada. O bandido deu a volta e conseguiu arrombar a porta.

Quando ele conseguiu entrar pela cozinha, se apossou de uma faca. O casal e os filhos se trancaram no banheiro e o homem escorou o corpo na porta para não deixar o bandido entrar. As vítimas passaram a gritar por socorro, e acionaram a polícia.

Os policiais chegaram à residência e ouviam, ainda do lado de fora, as crianças gritando, “socorro, ele vai nos matar”. Os militares entraram na casa e passaram a falar para o bandido se entregar, jogar a faca no chão, mas ele se recusou.

“Vou matar vocês”, dizia o bandido. O morador em desespero gritou para os policiais: “Não aguento mais segurar a porta”. O bandido foi em direção aos policiais com a faca em punho e os policiais atiraram sete vezes contra Márcio. Ele morreu no local.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS