2 outubro 2022 8:07
2 outubro 2022 8:07

Sete culpados por ataque a Cidade do Povo irão a júri popular

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Elvis Preslei de Sena Figueiredo, Lucas Cunha Araújo, o Amisterdan, Arthur Carvalho Gomes, Gabriel Miranda Gonçalves, Margarido Freite Costa e Josias Silva de Lima vão à júri popular para responder pelo homicídio do motoboy Yuri Mathues de Lima, por cinco tentativas de assassinatos, duas lesões corporais e por corrupção de menores, enquanto o réu Ademilto Bertoldo da Silva Neto será julgado pelo roubo de dois carros. A decisão de pronuncia é da Juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri Luana campos.

A data da sessão ainda não foi definida, mas deve ocorrer ainda este ano. Na mesma decisão a magistrada manteve a prisão dos sete réus. O bando é o responsável pela a invasão ao Conjunto Habitacional Cidade do Povo. A sequência de crimes ocorreu no dia 5 de abril do ano passado.

Primeiro os criminosos roubaram dois carros, na sequência iniciaram o ataque. Só na quadra sintética sete pessoas foram baleadas numa única ação. Na sequência o grupo que portava até fuzil, invadiu uma lanchonete e executou o motoboy Yuri Matheus de Lima. O crime foi motivado pela guerra entre facções criminosas.

Dois réus foram absolvidos sumariamente, ou seja, sem a necessidade um julgamento.

AcreNews

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS