22 setembro 2022 1:52
22 setembro 2022 1:52

Putin revive prêmio para mulheres com mais de dez filhos

Originalmente, a bonificação foi apresentada por Joseph Stalin após a Segunda Guerra Mundial, quando a população soviética caiu em dezenas de milhões

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Na segunda-feira (15), o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto revivendo o prêmio “Mãe Heroína” da era soviética para mulheres com mais de 10 filhos, em uma tentativa de aliviar a crise demográfica na Rússia.

Originalmente, o prêmio foi apresentado por Joseph Stalin após a Segunda Guerra Mundial, quando a população soviética caiu em dezenas de milhões.

O prêmio deixou de existir com o colapso da União Soviética em 1991.

Um pagamento de 1 milhão de rublos (cerca de R$ 87 mil) será dado às mães russas assim que o 10º filho completar um ano, se todos os 10 sobreviverem.

De acordo com as últimas estatísticas da Rosstat publicadas neste verão, a população da Rússia encolheu em média 86 mil pessoas por mês entre janeiro e maio, um recorde.

Além disso, a Rússia está sofrendo pesadas perdas entre as tropas na Ucrânia, mas o verdadeiro número de baixas não foi divulgado.

Na tentativa de aliviar a crise populacional na Rússia, o Kremlin também se concentrou na promoção dos valores tradicionais.

Fonte: CNN Brasil

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS