4 outubro 2022 5:19
4 outubro 2022 5:19

Possuído: Obreiro mata esposa com facão e usa a bíblia para limpar as lâminas após o crime

De acordo com amigos do casal, o crime foi motivado por ciúmes. O agressor teria demonstrado mudança no comportamento durante os últimos dias

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma mulher foi assassinada com golpes de facão nesta sexta-feira (26/8) em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O crime aconteceu na Rua Maximiano Machado, bairro do José Pinheiro. A vítima foi identificada como Juliete Alves da Silva, de 32 anos. De acordo com a Polícia Militar do estado, o principal suspeito pelo crime é o marido, obreiro de uma igreja evangélica.

A delegada da Polícia Civil, Elisabeth Beckman, afirmou que o assassinato aconteceu por volta de 4h30. Após o crime, o homem limpou a arma usada para matar a esposa em uma Bíblia, declarou a delegada: “Eles têm várias Bíblias abertas dentro de casa, e ele limpa [a arma do crime] em um capítulo da Bíblia logo após cometer o crime, no Salmo 102”, disse a investigadora em entrevista exibida pela TV Paraíba.

Conforme a delegada, a vítima foi encontrada com muitos ferimentos.

“A parte de trás da cabeça estava muito aberta. Só o rosto íntegro, mas o restante muito machucado”

A PM, cuja base fica a cerca de 200 metros do local do crime, foi acionada por vizinhos após uma filha do casal, de 13 anos, denunciar a morte da mãe. Diligências foram iniciadas para localizar o suspeito, mas até as 7h30 ele não havia sido preso.

Crime aconteceu no bairro José Pinheiro, em Campina Grande (Foto: Renato Diniz/TV Borborema)

De acordo com amigos do casal, o crime foi motivado por ciúmes. O agressor teria demonstrado mudança no comportamento durante os últimos dias. Além dos filhos, a vítima ainda cuidava dos sobrinhos do suspeito.

Casa onde vítima morava e foi assassinada ficava em um beco, do bairro José Pinheiro (Foto: Renato Diniz/TV Borborema)

 

Metrópoles
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS