9 agosto 2022 7:35
9 agosto 2022 7:35

Pesquisadores estudam meteorito que caiu em casa de GO: “Muito raro”

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Pesquisadores de universidades de Goiás e do Rio de Janeiro estão se debruçando sobre o meteorito que caiu dentro da casa de uma chácara em Portelândia, cidade com menos de 5 mil pessoas no sudoeste goiano.

A probabilidade de uma rocha que orbita o planeta cair justamente dentro de uma residência é baixíssima, segundo pesquisadores da Universidade Federal de Jataí (UFJ) ouvidos pelo Metrópoles. O estudo ocorre em conjunto com o grupo de pesquisadoras Meteoríticas, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Veja o vídeo:

“Esse evento é muito raro, muito raro mesmo! Pouco mais de 70% da superfície do planeta é aquática, com oceanos, mares e rios. A maior parte desse material cai em superfícies aquáticas”, explicou o professor de Física Espacial da UFJ, Maurício Bolzam.

De acordo com pesquisadores, nos últimos 12 anos foram registrados apenas nove casos de meteoritos em residência no Brasil. No caso de Goiás, o meteorito se fragmentou e causou estragos no teto, no forro e no chão da cozinha. O evento foi na manhã do dia 17 de julho.

“Se pega na cabeça de alguém aqui, tinha morrido”, disse o proprietário na ocasião. O barulho da queda do meteorito foi comparado a um avião e uma explosão.

Tipos de rocha

O técnico do Laboratório de Física da UFJ, Thiago Oliveira Lima, explicou que apesar da raridade do acontecimento, o tipo da rocha que caiu na chácara de Portelândia é comum entre os meteoritos.

 

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS