7 outubro 2022 10:31
7 outubro 2022 10:31

Mansão que dizia ser alugada é declarada ao TSE como de propriedade de ex-mulher de Bolsonaro

Ana Cristina Valle informou ao TSE que a mansão no Lago Sul vale R$ 829 mil, menos do que os R$ 2,9 milhões declarados pelo antigo dono

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Candidata a deputada distrital nas eleições deste ano, Ana Cristina Valle (PP), uma das ex-esposas do presidente Jair Bolsonaro, declarou ao TSE ser dona de uma mansão no Lago Sul, área nobre de Brasília.

Trata-se da mesma casa de cerca de 800 metros quadrados de área construída que ela informou ao portal Uol e à revista Veja ter alugado para morar com o filho, Jair Renan, a partir de meados de junho de 2021.

Na época, Cristina afirmou que não era a dona do imóvel. Ela disse que havia alugado a casa por R$ 8 mil por mês, valor parecido com o salário bruto de R$ 8,1 mil que ganhava como assessora da deputada Celina Leão (PP-DF).

Diferença de valores

Segundo a escritura do imóvel, o então proprietário da mansão, Geraldo Antônio Machado, tinha comprado a casa por R$ 2,9 milhões, dias antes de Cristina se mudar. Na época, corretores avaliavam a casa em R$ 3,2 milhões.

As reportagens do Uol e da Veja revelaram que, na época, o então comprador morava em uma casa modesta em Vicente Pires, cidade-satélite localizada a cerca de 30 km da propriedade.

Pouco mais de um ano depois, a ex-esposa de Bolsonaro declarou à Justiça Eleitoral que o mesmo imóvel comprado por Geraldo Machado por R$ 2,9 milhões era agora de propriedade dela e valeria R$ 829 mil.

Embora Cristina tenha declarado ao TSE ser a atual dona da mansão, o nome dela não consta nas certidões da casa registradas no 1º Ofício de Registro de Imóveis do DF, onde a matrícula do imóvel está inscrita.

Segundo os registros do cartório obtidos pela coluna, a casa atualmente continua tendo Geraldo Antônio Machado como proprietário. Procurado na terça-feira (30/8), Geraldo não respondeu.

Ana Cristina, por sua vez, disse à coluna por telefone, na tarde dessa terça, que não quer se manifestar sobre o assunto. A ex-esposa do presidente pediu para a reportagem contatar o advogado dela, que não respondeu até o momento. O espaço segue aberto.

Outros imóveis

Além da mansão no Lago Sul, a ex-mulher de Bolsonaro declarou ao TSE ter outros bens. Entre eles, uma casa em Resende (RJ), no valor de R$ 48 mil; uma sala comercial no Rio, orçada em R$ 73 mil; e um Honda HRV avaliado em R$ 62,6 mil.

Fonte: Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS