2 outubro 2022 10:00
2 outubro 2022 10:00

Jovem que promove criptomoedas nas redes sociais é sequestrado

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um jovem de apenas 19 anos que trabalha com criptomoedas foi sequestrado em São Paulo, logo após sair de uma balada. De Brasília, ele chegou na região metropolitana paulista para conhecer pessoalmente um rapaz que conversava apenas por redes sociais, mas seu amigo segue desaparecido.

Nos últimos anos, vários traders que negociaram criptomoedas foram alvos de quadrilhas especializadas em roubar essas pessoas.

No Estado de São Paulo, por exemplo, criminosos sequestraram a esposa de um investidor de bitcoin e invadiram o apartamento da família. Ao chegar no local, eles abordaram a vítima para transferir as moedas para uma carteira que já estava em posse dos bandidos, que fugiram após o acorrido.

Vale lembrar que divulgar por redes sociais que é um investidor de bitcoin e criptomoedas não é uma prática aconselhada, visto que pode atrair a atenção de criminosos.

Jovem de 19 anos é sequestrado em São Paulo e perde R$ 58 mil em criptomoedas, amigo segue desaparecido

Trabalhando com a promoção de criptomoedas em suas redes sociais, um investidor de 19 anos chegou de Brasília em São Paulo nos últimos dias.

Chegando para passear, ele conheceu pessoalmente um amigo que conversava apenas pela internet e eles logo foram para uma balada na zona leste da capital paulista.

Após curtir a balada com o amigo, na saída, eles foram abordados por cinco pessoas em um veículo e logo se viram separados. O paradeiro do amigo ainda é desconhecido.

Ele permaneceu por 12 horas em posse dos sequestradores e, nesse tempo, foi obrigado a fazer um PIX de R$ 1 mil para os criminosos e mais uma transferência de R$ 58 mil, perdendo quase R$ 60 mil na ação.

Seu celular, carteira, roupas e tênis foram roubados, de acordo com informações do Jornal da Record, que conversou com a polícia. A instituição policial não revelou mais informações sobre a transferência de criptomoedas feita pela vítima aos sequestradores.

Vítima foi abandonada em via pública, espancado e com fome

Durante a ação, o jovem de 19 anos nada comeu, além de ser espancado por várias vezes, segundo relatos prestados aos policiais.

Ao ser abandonado em via pública, no bairro Guaianases, também na zona leste, ele acabou sendo encontrado por um inspetor da guarda civil metropolitana que estava saindo de casa e prestou os primeiros socorros.

Nas buscas pela região, a polícia chegou a prender dois suspeitos do crime que foram ouvidos na delegacia. O jovem passou por avaliação médica para constatar os ferimentos.

Nomes da vítima e seu amigo não foram revelados pelas autoridades, que seguem buscando informações do paradeiro do conhecido e criminosos responsáveis pela ação.

Fonte: Livecoins

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS