5 agosto 2022 6:25
5 agosto 2022 6:25

Jovem armado é preso no momento que comercializava entorpecentes em via pública

Mauro César já tinha passagem pelo sistema Prisional, o mesmo teria usado tornozeleira eletrônica até pagar sua pena, estava em liberdade, e novamente praticou atos ilícitos

Por Angélica Florêncio/Com informações James Silva

- Publicidade -

A guarnição da RP 104, prendeu na madrugada de terça-feira, (02), o jovem Mauro César da Silva Parada Júnior, 26 anos, na Travessa Souza Santos, bairro Carandá.

Os militares informaram que receberam uma denuncia anônima, onde era relatado que um jovem estava em frente a sua residência comercializado entorpecentes, e armado.

A guarnição de pronto, se deslocou até o local para averiguar a veracidade da denuncia. Chegando no endereço citado, os agentes deixaram as viatura, e fizeram o caminho a pé, para não chamar atenção do traficante.

De longe, os militares avistaram o rapaz sentado com a arma em punho, mexendo no celular. Sem chamar atenção, os policiais aproveitaram esse momento, para fazer a aproximação, quando o jovem percebeu a presença da guarnição, ele esboçou ação de fuga, mas foi capturado pelos agentes.

Ao ser interrogado pelos policiais, Mauro César disse que tinha outra arma em cima do sofá da casa e mais drogas. Ao ser perguntado pelas origens das armas, o mesmo disse que adquiriu para se proteger, já que possivelmente, é integrante de uma facção criminosa, e era alvo da outra facção rival.

Com o rapaz a polícia encontrou uma garrucha calibre 28, com numeração raspada, uma espingarda calibre 12, 02 cartuchos calibre 28 intactos, 06 cartuchos de 12 intactos, um rádio VHF, 01 invólucro contendo 11 gramas de substância análoga a cocaína e um celular.

Mauro César já tinha passagem pelo sistema Prisional, o mesmo teria usado tornozeleira eletrônica até pagar sua pena, estava em liberdade, e novamente praticou atos ilícitos, consequentemente voltará ao Complexo Penitenciário de Rio Branco.

Diante dos fatos, o jovem foi encaminhado a DEFLA, onde conversará com a autoridade policial, e será tomada as decisões de praxe.

Foto: Ecos da Notícia

ÚLTIMAS