6 agosto 2022 8:04
6 agosto 2022 8:04

Homem que matou ex-namorada espalhou vídeos íntimos da vítima em rede social

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Responsável pelo assassinato de Emily Luíza Ferrete Fernandes, Thales Thomás do Vale, de 29 anos, havia divulgado vídeos íntimos da vítima nas redes sociais.

Thales matou Emily com dez golpes de facão na última quinta-feira (4), após invadir a casa onde vivia a jovem de 25 anos em Belo Horizonte.

Antes de ser assassinada, a mulher procurou a polícia em ao menos duas oportunidades para denunciar o ex. Em uma delas, relatou que Thales havia disseminado vídeos e fotos íntimos dela.

Em junho, Emily relatou à Delegacia de Mulheres que o ex havia criado um perfil falso no Instagram e adicionado familiares dela. Depois, encaminhou as imagens

O episódio aconteceu após o término da relação de cerca de oito meses do casal, com Thales já vivendo nos Estados Unidos. De lá, ele também mandou ameaças à jovem, afirmando que “ferraria” com ela caso seguisse indo a uma casa noturna.

Na ocasião, Emily solicitou medida protetiva contra o ex, o que repetiu na última terça-feira (2), quando encontrou o rapaz pela última vez antes do assassinato.

A jovem relatou ter sido agarrada pelo pescoço e pelo braço, arremessada na cama e, posteriormente, arrastada pelo chão. O desfecho só não foi pior porque os avós do suspeito interviram.

Me falavam que o relacionamento era muito conturbado, que ele era agressivo, já tinha medida protetiva, B.O. contra ele… Fiquei sabendo que ontem ele a agrediu e quebrou o celular dela“, disse ao Estado de Minas o pai da vítima, Julei Anderson Fernandes.

Thales foi preso na manhã desta sexta, nas redondezas de onde praticou o crime. Após ser detido, ele admitiu ser culpado e declarou: “Fui covarde“.

Relato do irmão

Emily vivia com a mãe e dois irmãos. No momento do crime, ela estava com um deles, Kairos Gabriel, que tentou salvá-la. O jovem relatou como foi o crime.

Escutei ele pedindo desculpas pra minha irmã, ela não aceitou e foi a hora que ele entrou e eu fui pegar um pedaço de pau. Ele começou a desferir os golpes contra ela, muitas facadas, caiu no chão, eu tentei cair por cima dele, bati nele também, tanto que ele até me desferiu golpes”, lembrou.

Após o assassinato, o ex de Emily conseguiu fugir correndo. Testemunhas afirmaram que viram o rapaz pegando um ônibus nas redondezas.

Ele deve ter ficado dez minutos no máximo. Ele saiu achando que já tinha polícia na porta, levantando a mão, dizendo que podia levar ele. E me ameaçou também, dizendo que se eu fosse atrás dele ele ia me passar, ia me matar“, comentou Kairos.

Fonte: Yahoo!

ÚLTIMAS