24 setembro 2022 12:16
24 setembro 2022 12:16

Homem preso com besta no Castelo de Windsor queria matar rainha Elizabeth

Jaswant Singh Chail, 20, foi acusado pela Lei de Traição da Grã-Bretanha por fazer ameaças de morte à monarca.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um homem preso com uma besta na residência da Rainha Elizabeth, o Castelo de Windsor, no dia de Natal do ano passado afirmou: “Estou aqui para matar a rainha”, segundo um tribunal britânico informou nesta quarta-feira (17).

Jaswant Singh Chail, 20, que foi acusado pela Lei de Traição da Grã-Bretanha, apareceu no terreno do Castelo de Windsor usando um capuz e uma máscara, disse o tribunal. Um policial afirmou que ele parecia alguém de um filme de vigilantes.

A rainha estava no castelo no momento do incidente em 25 de dezembro, junto com seu filho e herdeiro, o príncipe Charles, sua esposa Camilla e outros familiares próximos.

Após uma investigação da polícia antiterrorista, Chail foi acusado de fazer ameaças de morte, posse de arma ofensiva e um delito sob a seção 2 da Lei de Traição de 1842.

Esta seção detalha a punição por “descarregar ou apontar armas de fogo, ou lançar ou usar qualquer material ou arma ofensiva, com a intenção de ferir ou alarmar Sua Majestade”.

Uma audiência no Tribunal de Magistrados de Westminster, em Londres, foi informada a Chail, de Southampton, no sul da Inglaterra, que disse que queria se vingar do establishment.

Fonte/ CNN BRASIL

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS