18 agosto 2022 8:58
18 agosto 2022 8:58

Fora do Comum: Foragido da justiça liga pra polícia para se entregar

Segundo consta, José Carlos teria assassinado a esposa no ano de 2019, foi julgado e condenado pelo crime de feminicídio

Por Angélica Florêncio/Ecos da Notícia

- Publicidade -

O foragido da justiça José Carlos da Silva Gomes, 39 anos, teve uma atitude inusitada. O homem ligou na polícia, através do 190 do Copom, disse que queria se entregar, passou o endereço para que a guarnição da Polícia Militar fossem até o local prendê-lo.

Após a ligação, Policiais Militares do 1° Batalhão de Polícia, se deslocaram até o endereço citado. Chegando ao local, encontraram o rapaz só aguardando a chegada da viatura.

Segundo consta, José Carlos teria assassinado a esposa no ano de 2019, foi julgado e condenado pelo crime de feminicídio. Cumpria pena no Presídio Francisco D’ Oliveira Conde, e ganhou o benefício de cumprir pena em casa, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. O preso cumpriu uma parte da pena que lhe foi aplicada no Complexo Penitenciário, e após esse tempo, ganhou o benefício de sair com a pulseira de monitoramento.

Ao ganhar a liberdade monitorada, o presidiário teria cortado a tornozeleira eletrônica, e estava foragido do Sistema Prisional. Na noite de ontem, terça-feira (02), ele teria decidido ligar para a polícia e se entregar. Não se sabe o que motivou o detento articular sua própria prisão.

A guarnição da PM encaminhou Silva a Delegacia de Flagrantes- DEFLA, onde ele ficará novamente á disposição da justiça.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS