29 setembro 2022 4:29
29 setembro 2022 4:29

Em Sena Madureira, detento monitorado é morto após invadir o hospital para matar pai

Ele era monitorado por tornozeleira eletrônica, mas tinha rompido o equipamento recentemente

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O presidiário Rivelino Espíndola (foto) foi morto com um tiro na tarde deste domingo, 28, após invadir o Pronto-Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira, para matar o próprio pai.

De acordo com informações, no período da manhã, Rivelino, armado com uma faca, tentou matar seu genitor dentro de casa, mas foi impedido. No período da tarde o presidiário tentou contra a vida de uma jovem na Rua Siqueira Campos.

Logo depois ele tentou invadir o hospital para matar o pai que recebia atendimento. O vigilante tentou render o acusado, mas frente a ação do detento fez um disparo de arma de fogo. Rivelino não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ele era monitorado por tornozeleira eletrônica, mas tinha rompido o equipamento recentemente.

Fonte: AcreNews

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS