18 agosto 2022 4:25
18 agosto 2022 4:25

Em Cobija, forças de segurança do Acre e da Bolívia incrementam estratégias de enfrentamento às organizações criminosas

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Com o propósito de avaliar os resultados das operações das forças de segurança acreanas e bolivianas no combate e prevenção a crimes transfronteiriços, bem como definir novas ações, conforme Carta de Intenções firmada entre a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a Polícia Nacional Boliviana (PNB), o secretário Paulo Cézar Rocha dos Santos esteve reunido, na tarde desta segunda-feira, 1, na cidade de Cobija, Departamento de Pando, com o vice-ministro de Justiça Cidadã daquele país, Carlos Eduardo Del Castillo.

Foto: Assessoria

Para o encontro, que também contou a participação do juiz de direito Clóvis Lodi, titular da Vara Criminal da comarca de Brasiléia, da promotora de Justiça Pauliane Sanches, da mesma comarca, de representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal e autoridades da segurança pública da Bolívia, Paulo Cézar esteve acompanhado do coordenador de Operações da Sejusp, coronel Glayson Dantas.

Durante a reunião, as autoridades brasileiras e bolivianas estreitaram entendimentos relativos a operações conjuntas contra o roubo de veículos, sobre a flexibilização da extradição de integrantes de organizações criminosas, o acesso aos bancos de dados criminais, a política de difusão desses dados e o compartilhamento de tecnologias de identificação de criminosos foragidos e de veículos roubados ou furtados.

Ao final do encontro, o titular da Sejusp convidou o vice-ministro Carlos Eduardo Castillo para conhecer as ferramentas tecnológicas desenvolvidas para uso das forças de segurança,  bem como franqueou treinamento e capacitações para as forças de segurança da Bolívia.

“Foi uma reunião muito objetiva e esclarecedora, pois consolidou entendimentos importantes para o fortalecimento das ações integradas de enfrentamento à criminalidade em áreas fronteiriças”, avaliou Paulo Cézar.

O encontro de Cobija atende às deliberações do Comitê Integrado de Fronteira, instituído por meio de carta de intenções, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, em abril deste ano. O Comitê tem por finalidade integrar as estratégias e ações das forças de segurança da Bolívia e do Estado Acre no combate aos crimes transfronteiriços.

Fonte: Assessoria

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS