4 outubro 2022 9:14
4 outubro 2022 9:14

É marcado júri de “Justiceira”, a criminosa que teria ordenado execução de Késia Nascimento por videochamada

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

No banco dos réus, Rita Rocha do Nascimento vai responder por quatro crimes: homicídio qualificado, corrupção de menores, ocultação de cadáver e também por integrar organização criminosa. A sessão, que será realizada no plenário da 1ª Vara do Tribunal do Júri do Fórum Criminal, foi marcada para o próximo dia 8 de setembro.

Rita Rocha, conhecida como “Justiceira” de uma organização criminosa, foi denunciada como uma das mandantes da execução da jovem Késia Nascimento.

Consta na denúncia do Mistério Público do Acre que Késia Nascimento foi sequestrada de casa, na região do Calafate, em janeiro de 2020. Depois foi levada para um cativeiro no bairro Taquari e, no período da noite, foi julgada pelo “Tribunal do Crime” e sentenciada a pena de morte. A vítima foi decapitada, teve o corpo esquartejado e jogado no Rio Acre.

Rita Rocha e Veralúcia Marques teriam acompanhado tudo de São Paulo por meio de uma videochamada. As duas teriam dado a ordem para execução da vítima. O crime foi motivado pela guerra de facções.

Dos nove denunciados no processo, seis foram condenados a quase 190 anos de prisão. Veralúcia Marques teve o processo desmembrado por decisão judicial.

Fonte: AcreNews

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS