24 setembro 2022 8:11
24 setembro 2022 8:11

Com um a menos, Fortaleza faz 3 x 0 nos reservas do Inter no Castelão

Apesar da merecida vitória, conquistada na raça e com a torcida como 12.º jogador, o Fortaleza ainda se encontra na zona de rebaixamento

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Mesmo jogando com um homem a menos desde os 24 minutos do primeiro tempo, o Fortaleza se agigantou e venceu o Internacional, com o placar de 3 x 0, neste domingo à noite (7/8), pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Inter se arriscou ao atuar com um time reserva, o time cearense contou com o apoio da torcida que lotou a Arena Castelão, num total de 39.253 torcedores, um recorde de público do clube na competição.

Apesar da merecida vitória, conquistada na raça e com a torcida como 12.º jogador, o Fortaleza ainda se encontra na zona de rebaixamento, com 21 pontos, em 17.º lugar. Pode até escapar da degola na próxima rodada quando fará o Clássico-Rei contra o rival Ceará, domingo, dia 14.

Do outro lado, o Internacional não esperava uma derrota tão dolorida, mesmo com o técnico Mano Menezes priorizando a disputa das quartas de finais da Copa Sul-Americana. Na próxima quinta-feira (11) vai receber no Beira-Rio o Melgar-PER pelo jogo de volta, após segurar o zero a zero no Peru. No Brasileiro, com 33 pontos e lutando pelo G-6, tentará a reabilitação contra o Fluminense, dia 14, em Porto Alegre.

O primeiro tempo começou equilibrado, com o Internacional mostrando pouca presença ofensiva. Só conseguiu chutar uma vez em direção ao gol. De outro lado o Fortaleza estava mesmo disposto a vencer a qualquer custo. Só não contava com a expulsão de Romarinho, ainda aos 24 minutos. Após ele sofrer um empurrão de Pedro Henrique, o atacante cearense se dirigiu ao árbitro carioca Wagner Nascimento Guimarães e, visivelmente, o xingou. Recebeu direto o cartão vermelho.

Mesmo com esta baixa, o Fortaleza manteve o equilíbrio em campo. E acabou premiado por seu esforço com o gol aos 44 minutos, em falta bem cobrada por Luscas Crispim, na frente da área. Ele bateu por cima da barreira e o goleiro Keiller saltou um pouco atrasado.

Na volta do intervalo, o Internacional voltou com quatro substituições, com as entradas de titulares: Renê, Edenilson, Taison e Alemão. Mas quem continuou no ataque foi o time cearense, que quase ampliou aos três minutos num chute cruzado de Moisés que passou do lado da trave.

Aos 24 minutos ampliou o placar com Hércules, que tinha entrado no lugar de Lucas Crispim. Após cobrança de lateral, Hércules dominou de costas e fez o giro rápido e batendo cruzado, mesmo sem ângulo. O chute saiu forte e estufou as redes.

A torcida preparava a festa final quando o Fortaleza marcou o terceiro gol, aos 38 minutos. O atacante Alemão, do Internacional, perdeu a bola e permitiu um contra-atque. A bola ficou nos pés de Robson que disparou até a grande área, driblou o goleiro e tocou para as redes.

Depois disso, a torcida não parou mais de gritar e vibrar nas arquibancadas. Afinal de contas, ela tinha motivos de sobra para comemorar.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 3 X 0 INTERNACIONAL

FORTALEZA – Fernando Miguel; Brítez, Titi, Marcelo Benevenuto e Juninho Capixaba; Lucas Sasha (Lucas Lima), Ronald (José Welison) e Lucas Crispim (Hércules); Romarinho, Robson (Fabrício Baiano) e Moisés (Depietri). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

INTERNACIONAL – Keiller; Bustos, Kaique Rocha, Vitão e Thauan Lara (Renê); Johnny, Liziero (Edenilson), Pedro Henrique e Alan Patrick; David (Taison) e Braian Romero (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS