5 outubro 2022 12:38
5 outubro 2022 12:38

Brasil pode virar rota alternativa do Estado Islâmico de acordo com análise da ABIN Relatório de Inteligência da Abin foi feito em 2015, quando o grupo terrorista realizou uma série de ataques no mundo

Relatório de Inteligência da Abin foi feito em 2015, quando o grupo terrorista realizou uma série de ataques no mundo.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) alertou, em 2015, para possíveis ataques e ameaças contra a segurança de cidadãos brasileiros por membros do Estado Islâmico (EI), frente à expansão do grupo no norte da África.

Naquele ano, o grupo terrorista reivindicou ataques em uma série de países, como Estados Unidos, Tunísia, França e Líbano.

O órgão apontou que a política imigratória brasileira tem potencial para atrair ex-combatentes do EI “interessados em utilizar rotas alternativas de trânsito por terceiros países para burlar os controles de segurança contra o terrorismo nos países de destino final”. A informação consta em relatório de inteligência da Abin publicado nesta segunda-feira (29/8) pela agência Fiquem Sabendo. O documento estava em sigilo, mas foi desclassificado neste ano.

No documento, a Abin explica que a nossa política imigratória estimula o acolhimento de refugiados e, quando associada ao atual quadro de restrição migratória vigente em países europeus, tende a repercutir no aumento dos índices de solicitação do benefício ao Brasil em curto e médio prazos.

Fonte/ Portal metropole.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS