27 setembro 2022 4:43
27 setembro 2022 4:43

Após anos de atuação no País DELL anuncia finalização de atividades na Rússia

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

No último sábado (27), Dell anunciou o encerramento de todas as suas operações na Rússia, juntando-se a lista de empresas a saírem do país após a guerra causada contra a Ucrânia. Vale destacar que, há algumas semanas, a companhia norte-americana já havia finalizado as operações dos seus escritórios na região.

Em fevereiro de 2022, logo após o início da guerra entre a Rússia e Ucrânia, a Dell suspendeu as vendas no país. De qualquer forma, segundo o Ministério da Indústria da Rússia, muitos pesquisadores e engenheiros que trabalhavam na Dell já arrumaram outros empregos.

A Dell é apenas uma das empresas da lista a deixar o país.
A Dell é apenas uma das empresas da lista a deixar o país.Fonte:  Unsplash.

“Em meados de agosto, fechamos nossos escritórios e encerramos todas as operações russas. Em fevereiro, tomamos a decisão de não vender, prestar serviços ou oferecer suporte a produtos na Rússia, Bielorrússia e nas regiões de Donetsk e Luhansk da Ucrânia, além da já embargada Crimeia”, disse o porta-voz da Dell, Mike Siemienas, à Reuters

Dell e Rússia

Na última semana, alguns rumores já apontavam que a Dell sairia totalmente do país e demitiria todos os seus funcionários na região. Segundo o vice-ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Vasily Shpak, a situação está sendo monitorada.

Apesar de dezenas de empresas terem anunciado o fim das operações na Rússia, algumas companhias estão aproveitando o momento. Em julho de 2022, a Huawei anunciou vagas para a contratação de 814 funcionários russos, representando um aumento de 49% em relação ao ano anterior.

Fonte/ Portal Tec Mundo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS