9 agosto 2022 12:25
9 agosto 2022 12:25

Amber Heard precisa vender mansão no deserto para pagar multa de oito milhões de dólares a Johnny Depp

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Parece que a dor de cabeça de Amber Heard ainda não acabou. A atriz foi condenada a pagar dez milhões e 35 mil dólares, pouco mais de 58 milhões de reais, para o ex-marido, Johnny Depp, após o julgamento de difamação que eles enfrentaram no início de 2022. O valor sofreu mudanças porque o ator também teve que pagar cerca de dois milhões de dólares à ex.

Segundo informações do Daily Mail, a estrela de Aquaman não teria o dinheiro para arcar com a multa, por isso precisou vender sua casa no deserto da Califórnia, nos Estados Unidos, que teria comprado em 2019. A mansão Yucca Valley foi negociada por pouco mais de um milhão de dólares e o dinheiro será usado para pagar a multa milionária.

As informações vieram à público após documentos do julgamento terem sido revelados. Os textos mostram que Amber recusou uma oferta de 16 milhões de dólares, cerca de 82 milhões de reais, feita pelos advogados de Johnny Depp na época do divórcio do ex-casal em 2016. O Daily Mail ainda revelou que o valor era referente a metade do salário recebido pelo ator pela participação em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar.

Heard teria dito aos advogados que aquela não era uma questão de dinheiro, as conversas aconteceram através de e-mails, mas o juiz não os aceitou como provas durante o julgamento que acabou em junho de 2022. A atriz teria proibido seus advogados de irem atrás do dinheiro, pois ela queria ser verdadeira com o mundo e suas verdadeiras intenções.

Fonte: Estrelando

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS