25 setembro 2022 4:10
25 setembro 2022 4:10

Alerta: Aprenda a reconhecer sinais de açúcar no sangue

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A glicose, quando na forma de molécula de açúcar presente na circulação sanguínea, representa uma parte vital da nossa saúde e é a principal fonte de energia do corpo. Ela ajuda o indivíduo a ter disposição para executar as atividades cotidianas. No entanto, quando em excesso, pode levar a complicações graves, como diabetes, doenças cardíacas e problemas renais.

A hiperglicemia, ou glicose alta, ocorre quando há excesso de açúcar no sangue. A situação leva à insuficiência de insulina, pois hormônio responsável por transportar a glicose pelo corpo se torna insuficiente. O desequilíbrio pode ser tratado, muitas vezes, pela alimentação.

“Muito açúcar no sangue por um longo período pode danificar os vasos sanguíneos responsáveis ​​por levar sangue a órgãos como o coração e os rins. Nem todo mundo vai notar sinais dessa condição, mas há alguns sintomas sutis, como fadiga ou aumento da sede”, explicou a médica de emergência Bayo Curry-Winchell, ao portal norte-americano Eat This Not That!.

A profissional de saúde listou sinais característicos de hiperglicemia:

Confira sinais de excesso de açúcar no sangue:

1. Sentir-se muito cansado

De acordo com a médica, o açúcar extra não significa mais energia. O corpo passa a não ser capaz de utilizar o excesso de glicose em benefício próprio, resultando em cansaço extremo.

2. Aumento de micção e sede

Os rins são incapazes de filtrar o excesso de açúcar no sangue. Com isso, eles tentam removê-lo de qualquer forma, principalmente pela urina. Para repor a quantidade de líquido que sai, o corpo passa a pedir cada vez mais água.

3. Visão turva

Níveis elevados de glicose no sangue podem aumentar a pressão dos vasos sanguíneos atrás da retina e causar visão turva. A dificuldade pode ser apenas temporária, sendo resolvida quando a quantidade de açúcar no sangue se estabiliza.

4. Dormência e formigamento

O excesso de açúcar no sangue pode resultar em danos no sistema nervoso, que causa uma condição chamada neuropatia e é caracterizada pela dormência ou formigamento dos dedos, das mãos e dos pés.

Metrópoles
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS