8 agosto 2022 8:16
8 agosto 2022 8:16

Trabalhador é morto na porta de casa, ao chegar da Expoacre de madrugada

Após todo o procedimento feito pela equipe médica, o rapaz não resistiu ao ferimento e morreu, antes mesmo de entrar pro centro cirúrgico.

Por Angélica Florêncio/Ecos da Notícia

- Publicidade -

Na madruga desta quinta-feira (04), mais um homicídio foi registrado em Rio Branco. Trata-se, do trabalhador Faris do Nascimento Feitosa, 24 anos. O jovem teria sido morto na porta da própria residência da família, localizada no bairro Belo Jardim I, no ramal da Judia.

Segundo informações do irmão da vítima, Faris trabalhava na Expoacre, e como de costume, toda vez que chegava em casa, chamava pela mãe, para ela abrir a porta. Na madrugada de quinta, quando a vítima chamou pela mãe, já foi surpreendido por criminosos que dispararam um tiro na cabeça do rapaz. A mãe do jovem ouviu muita gritaria e o barulho do tiro, quando abriu a porta, já viu o filho deitado no chão, baleado.

O próprio irmão do jovem, acionou a Polícia Militar, e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que precisou entubar Faris ainda na ambulância, e em seguida após estabilizar a vítima, encaminhou ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde chegou em estado gravíssimo. Após todo o procedimento feito pela equipe médica, o rapaz não resistiu ao ferimento e morreu, antes mesmo de entrar pro centro cirúrgico.

As autoridades policiais não sabem o motivo da morte de Faris. Uma situação que agora fica a cargo da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC), que se entenda o que aconteceu. Quem são os envolvidos. Se tem alguma ligação com facções criminosas. Só a investigação da polícia civil irá descobrir o que de fato levou essa tentativa de homicídio, que culminou com a morte de Faris do Nascimento, de apenas 24 anos.

O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exames de necropsias, em seguida será liberado para a família.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS