13 agosto 2022 6:39
13 agosto 2022 6:39

Zoe: Onda de calor na Espanha é primeira a ser “batizada” no mundo

Plataforma promeTEO Sevilla afirmou que nomeação é importante "para chamar a atenção da população para a importância de seu impacto na saúde".

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A forte onda de calor que tem atingido muitos países da Europa nas últimas semana ganhou um nome na Espanha: Zoe. A nomeação fo fenômeno, primeira deste tipo no mundo, foi emitida pela plataforma promeTEO Sevilla, projeto piloto de classificação.

Segundo o promeTEO Sevilla, a nomeação da onda de calor é importante “para chamar a atenção da população para a importância de seu impacto na saúde”. A “Zoe” representa “risco muito elevado” à saúde, e a população deve adotar inúmeras medidas e precauções para proteção, recomenda a plataforma.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 1.700 morreram em decorrência da atual onda de calor na Espanha e em Portugal. “O calor mata. Nas últimas décadas, centenas de milhares de pessoas morreram como resultado do calor extremo durante ondas de calor prolongadas”, afirmou o chefe da OMS para a Europa.

Fortes incêndios tem atingido as florestas europeias durante o mês de julho, e os especialistas apontam para a mudança climática como principal fator para esses eventos extremos.

A prática de nomear fenômenos é muito comum para tempestades tropicais, tornados e furacões, que também são classificados em escala de intensidade. Com o impacto crescente das mudanas climátcas e a ocorrência de eventos climáticos extremos, a ação inédita do promeTEO Sevilla pode se tornar comum no futuro.

Fonte/ CNN BRASIL

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS