6 agosto 2022 5:33
6 agosto 2022 5:33

TRAGÉDIA: Criança de oito anos morre soterrada em ramal no interior do Acre

Por redação ecos da notícia

- Publicidade -

O que seria mais uma tarde de brincadeiras entre crianças terminou em tragédia para o pequeno Davi Lucas de 8 anos, que morreu soterrado por toneladas de barro.

A tragédia aconteceu na tarde desta quarta-feira, 06, localizado na Vila Retiro, no Assentamento Bonal, a cerca de 22km da Vila Campinas na BR-364, sentido Porto Velho.

Segundo informações, Davi brincava com o irmão e um primo de 10 e 9 anos de idade no ramal onde homens trabalhavam em máquinas pesadas na abertura do ramal.

Foto: ecos da notícia

As três crianças brincavam de baladeira, próximo a um Igarapé, onde uma pá carregadeira e uma caçamba iniciavam a terraplanagem do local.

A caçamba levava cargas de barro e o operador da pá carregadeira espalhava ao longo do trecho, quando os três meninos brincavam nas proximidades.

Pá carregadeira usada para empurrar o barro e encontrar o corpo de Davi. Foto: ecos da notícia.

Em um determinado momento o operador da máquina e um amigo disseram que visualizaram uma criança abrindo os braços e gritando por socorro, ao se aproximar o garoto teria contado que o irmão estava embaixo do monte de barro. A partir desse momento aparecerem duas versões de como aconteceu o acidente trágico:

A primeira versão é contada pelo avô das crianças, Raimundo Rodrigues da Silva, ele conta que Davi brincava com o irmão e o primo, no ramal onde os operários trabalhavam,
“as crianças disseram que tinha um “monte” de barro e eles brincavam por trás desse paredão de terra, quando o operário da pá carregadeira levantou uma grande quantidade de barro de um local e despejou onde eles brincavam, Davi não conseguiu sair a tempo”, das três crianças no local, Davi não conseguiu correr e foi soterrado, as outras duas crianças conseguiram se jogar para a lateral do ramal que dá acesso a um barranco e escaparam sem ferimentos.

Raimundo Rodrigues da Silva, avô da vítima. Foto: ecos da notícia

Contradizendo a versão contada pelo avô, o operário Nonato de Souza, que ajudou a retirar a vitima debaixo da terra diz que, o operário da pá carregadeira estava distante de onde as crianças brincavam e um caminhão caçamba vinha de ré descarregar uma carrada de barro e possivelmente não teria visto que as crianças estavam atrás do monte de barro.

“quando nos deparamos, umas das crianças estavam acenando com os braços em ato de pedir socorro pois o irmão estava debaixo do montante de barro, nesse momento o operário da pá carregadeira veio e espalhou o barro com cuidado para que a gente pudesse encontrar o garoto, foi quando apareceu a perna dele e começamos a cavar com as mãos e desenterramos, ele estava respirando com dificuldades, colocamos ele dentro do carro e levamos imediatamente ao hospital, mas ele não resistiu e morreu”.

Nonato de Souza, operário. Foto: ecos da notícia

A Polícia Militar foi acionada e diante da gravidade do acidente comunicou a Polícia Civil que enviou peritos do Instituto Médico Legal e Departamento de Polícia Técnica Cientifica. O corpo do menor foi levado para a sede do IML em Rio Branco e a Polícia Civil deve iniciar investigação no sentido de apurar o que realmente aconteceu.

ÚLTIMAS