8 agosto 2022 8:22
8 agosto 2022 8:22

Sangue na parede: Marido mata esposa e ainda escreve pedido de perdão com o próprio sangue da vítima

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um crime brutal e macabro aconteceu na cidade de Marabá, localizada no Sudeste do Pará, distante da capital cerca de 560 quilômetros. A jovem Karine Conceição Silva, 26 anos, moradora do Residencial Magalhães II, Lote 15, Casa 11, no Núcleo São Félix, foi assassinada com quatro facadas.

Mortes teriam ocorrido na noite deste domingo (10) | Foto: Reprodução

O acusado de praticar o feminicídio, é o marido da vítima, Rivaldo Borges Valadares, 24 anos. O homem teria matado a mulher, quando ela estava deitada em sua cama. Após o crime, Rivaldo praticou suicídio.

Segundo a polícia, os crimes ocorreram na noite de domingo, 10, por volta das 21h, na residência do casal. Borges apresentava perfurações no peito e os corpos estavam apresentando rigidez cadavérica.

Casal morava no Residencial Magalhães II, no Núcleo São Félix | Foto: Reprodução

Antes de ser matar, o jovem ainda escreveu uma carta aos familiares pedindo perdão. E na parede do quarto do casal, a equipe de investigação encontrou uma frase escrita com o próprio sangue da vítima. ” Me Perdoa”, escreveu o assassino. A arma também foi localizada no local dos fatos.

Vizinhos do casal afirmaram que era constate as brigas entre eles, mas logo em seguida, se reconciliavam. Rivaldo era serralheiro e Karina Dona de Casa, o casal não deixou filhos.

Com informações do site DOL

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS