17 agosto 2022 11:26
17 agosto 2022 11:26

Presidente Bolsonaro lamenta morte de Shinzo Abe e decreta luto oficial

"Que seu assassinato seja punido com rigor. Estamos com o Japão", escreveu o presidente brasileiro no Twitter.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, nesta sexta-feira (8), o assassinato do ex-primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e decretou luto oficial no país por três dias.

Pelo Twitter, Bolsonaro escreveu que recebeu “com extrema indignação e pesar a notícia da morte de Shinzo Abe, líder brilhante que foi um grande amigo do Brasil”.

Mensagem do Presidente Jair Bolsonaro, postada em sua rede oficial do Twitter. Imagem retirada da Internet.

“Estendo à família de Abe, bem como aos nossos irmãos japoneses, a minha solidariedade e o desejo de que Deus cuide de suas almas neste momento de dor”, acrescentou o presidente.

Bolsonaro disse que, “como sinal de respeito ao povo japonês, de reconhecimento pela amizade de Shinzo Abe com o Brasil e de solidariedade diante de uma crueldade injustificável”, foi decretado luto oficial em todo o Brasil durante três dias.

“Que seu assassinato seja punido com rigor. Estamos com o Japão”, concluiu Bolsonaro.

Em seu último ano de mandato, a morte de Shinzo Abe marca a terceira vez que Bolsonaro decreta luto oficial no país.

Até então, apenas as mortes do escritor Olavo de Carvalho e do ex-vice-presidente, Marco Maciel, haviam provocado um decreto do presidente.

Fonte/ CNN BRASIL

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS