17 agosto 2022 2:27
17 agosto 2022 2:27

Precatórios do INSS serão pagos até agosto; confira como consultar

Os precatórios do INSS serão pagos até a primeira quinzena de agosto. Os valores e as datas estão disponíveis para consulta. Confira um jeito simples e rápido de obter a informação.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O dinheiro dos precatórios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será liberado entre os meses de julho e agosto. Os valores devem cair nas contas dos segurados e também dos advogados em breve. O que muitos querem saber é como consultar se terão ou não acesso aos valores liberados nesse mês. Veja como conferir.

A liberação foi feita pelo Conselho da Justiça Federal (CJF). O dinheiro segue primeiramente para os Tribunais Regionais Federais (TRF). Eles serão os responsáveis por direcionar os pagamentos aos aposentados e pensionistas. O dinheiro será liberado até a primeira quinzena de agosto.

Precatórios do INSS caem até agosto

Antes de tudo, é importante lembrar que os precatórios do INSS são dívidas judiciais do Governo Federal. Elas passam de 60 salários mínimos, ou seja, de R$ 72.720. Além disso, são válidos apenas para os casos onde não cabem mais recursos.

De acordo com o Conselho da Justiça Federal (CJF), os valores liberados como precatórios do INSS são alimentícios e comuns. Além disso, também inclui os atrasados do instituto.

De maneira geral, receberão todas aquelas pessoas com ordem de pagamento emitida pela Justiça a partir de 2 de julho de 2020, mas só até 1 de julho de 2021.

Antes de seguir para os segurados e advogados, os valores passam por diversos procedimentos administrativos dos tribunais e dos bancos, para só então serem liberados. É sabido que Tribunal Regional Federal(TRF) seguirá um cronograma específico de pagamento. Para ter uma ideia de quando receber os precatórios do INSS, os segurados podem acessar o site do tribunal responsável.

É por essa razão que muitos devem receber somente em agosto. Tem prioridade no recebimento aqueles idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência (PcD) ou doenças graves, seguidos dos precatórios alimentícios superiores a R$ 218.160, então os demais precatórios.

Fonte: Edital Concursos Brasil

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS