18 agosto 2022 8:50
18 agosto 2022 8:50

Polícia Militar do Acre participa da “Operação Guardiões do Bioma” em todo estado do Acre

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Com o objetivo de realizar ações preventivas e repressivas aos ilícitos ambientais no Estado do Acre, a Polícia Militar do Acre (PMAC) participa da “Operação Guardiões do Bioma – Desmatamento”, do Governo Federal, que ocorre em mais 14 Estados. Com emprego de trinta profissionais da instituição diariamente escalados, a corporação fortalece sua atuação na área de proteção ambiental.

O Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) foi o local escolhido para a reunião do efetivo que será empregado em um primeiro momento durante a operação e, de lá, as guarnições tomaram seu destino, devidamente orientadas por meio de um estudo prévio dos locais. Os militares empregados na capital são do 1º e 3º Batalhões, já no interior contará com policiais do 5º e 6º Batalhões, como também, do próprio Batalhão Ambiental.

A operação conta com a coordenadoria da Diretoria Operacional (DIROP) da PMAC, que esteve presente à solenidade na pessoa do seu comandante, coronel Atahualpa Ribera, que falou sobre a operação. “Tem a finalidade preservar toda nossa natureza, principalmente contra a exploração ilegal, desmatamento, os furtos de madeira nas propriedades, e contra todos aqueles crimes relacionados ao meio ambiente em todo o Estado do Acre”, disseram.

O Major Kleison Albuquerque, comandante do BPA, que diariamente tem atuado nas fiscalizações ambientais em todo o Estado, destaca a importância da operação. “A operação é nacional e tem como objetivo aqui, combater o desmatamento no Estado do Acre. A Polícia Militar entra como uma força principal, mas também estamos operando com os órgãos ambientais estaduais, cumprindo o planejamento do próprio Estado do Acre”, comentou,

Esteve presente também ao evento de lançamento da operação, o tenente-coronel Sandro Oliveira, comandante do Policiamento do Interior (CPI), que conforme dito, também será contemplado com a operação, do Alto Acre até o Juruá.

Fonte: Assessoria da PMAC

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS