7 agosto 2022 4:15
7 agosto 2022 4:15

Polícia espera foragida terminar treino em academia para prendê-la

Carla Dayanne Gomes da Silva, de 33 anos, era procurada desde o dia 11 de julho, porque deixou de comparecer para assinatura mensal em unidade prisional. Agentes optaram por não abordá-la dentro da academia para evitar constrangimento e exposição do estabelecimento.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma foragida da Justiça, identificada como Carla Dayanne Gomes da Silva, de 33 anos, foi presa em uma academia em Boa Vista, após terminar os treinos. A mulher foi seguida até o local por policiais da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) que esperaram ela finalizar a sequência de exercícios físicos para prendê-la.

Carla estava foragida da Cadeia Pública Feminina desde o dia 11 de julho deste ano. Ela foi condenada por tráfico de drogas e cumpria pena em regime aberto. A prisão ocorreu na última segunda-feira (25) no bairro Aeroporto, na zona Norte da cidade.

Ela passou a ser considerada foragida após a Justiça decretar a regressão para o regime semiaberto porque ela deixou de ir à unidade prisional assinar mensalmente a frequência e de comprovar endereço e ocupação lícita, informou a Dicap.

Carla Dayanne Gomes da Silva treinando antes de ser presa — Foto: Dicap/Divulgação

A prisão aconteceu após a Assessoria Especial de Inteligência (AEI) da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania, responsável pelo sistema prisional, receber informações sobre o paradeiro da mulher.

Durante as investigações, os agentes localizaram a foragida saindo de casa e indo para a academia. Com isso, ela foi seguida e monitorada.

Depois que acabou o treino, ela foi abordada na saída do estabelecimento. Agentes optaram por não abordá-la dentro do local para evitar constrangimento e exposição do estabelecimento.

Carla Dayanne não ofereceu resistência. Após a ação, ela foi conduzida para a sede da Dicap e entregue na Cadeia Pública Feminina.

A Dicap reforçou que a população pode auxiliar denunciando o paradeiro de foragidos por meio do telefone (95) 99139-9529 (WhatsApp) ou das redes sociais: @dicaprr no Instagram ou Dicap Dicap no Facebook. A identidade da fonte será mantida em sigilo absoluto.

Fonte: G1 RR

ÚLTIMAS