6 agosto 2022 2:34
6 agosto 2022 2:34

PM mata irmã durante briga em posto de combustíveis e é presa pelo próprio marido, que também é policial

Policial Rhaillayne Oliveira de Mello se apresentou na 73ªDP (Neves) e foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios de Niterói. As irmãs teriam saído de uma festa e pego um carro de aplicativo.

Por G1 RJ

- Publicidade -

Uma mulher foi baleada e morta durante uma briga com a irmã, que é policial militar do 7°BPM (São Gonçalo), em um posto de combustíveis localizado no bairro Camarão, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na manhã deste sábado (2).

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM e chegou ao local e deu voz de prisão à esposa. Rayana Mello morreu no local.

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido

Rhaillayne é policial do 7°BPM e foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios de Niterói.

As duas teriam saído de uma festa no bairro Barro Vermelho e pegaram um carro de aplicativo.

ÚLTIMAS