13 agosto 2022 6:30
13 agosto 2022 6:30

“Não vou ficar disputando jantares ou almoço para tentar conquistar um voto”, diz Lula sobre diálogo com banqueiros

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que não tentará conquistar o voto de banqueiros em jantares e almoços, na última terça-feira (12), durante ato em Brasília. Lula afirmou querer o voto do “povo trabalhador”.

“Com todo o respeito pela Faria Lima, todo o respeito pelos banqueiros, mas eles têm que saber que eu quero o voto é da Samambaia [região administrativa do Distrito Federal, mais afastada do Plano Piloto], eu quero o voto é do povo trabalhador desse país. Eu não vou ficar disputando jantares ou almoços para tentar conquistar um voto”, disse o ex-presidente.

A fala ocorreu durante ato da pré-campanha do petista, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Lula discursou por pouco mais de 30 minutos e acenou aos micro e médios empreendedores.

“O BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] vai voltar a emprestar dinheiro para pequeno e médio empresário brasileiro, para microempreendedores e para médio empreendedores”, afirmou o petista.

Lula ainda pontuou que o Banco do Brasil “voltará a emprestar dinheiro para os agricultores e para a pequena e média propriedade rural” e a Caixa Econômica voltará “a emprestar dinheiro para fazer casa”.

Fonte/ CNN BRASIL

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS