9 agosto 2022 4:35
9 agosto 2022 4:35

Justiça mantém prisão de homem que deu 9 facadas na ex-namorada

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A Justiça do Distrito Federal decidiu manter a prisão do escritor Daniel Vieira Sampaio, 25 anos, por tentar matar a ex-namorada, de 31 anos, com nove facadas dentro do apartamento, na 716 Norte, na noite de sexta-feira (15/7).

Em audiência de custódia realizada nesse sábado (16/7), o juiz Lucas Lima destacou que os fatos apresentam gravidade concreta, porquanto o custodiado, em tese, praticou o crime de feminicídio tentado, e que o autor “demonstra especial periculosidade e ousadia ímpar, tornando necessária a constrição cautelar para garantia da ordem pública.”

A decisão ainda proíbe que Daniel se aproxime da vítima, de manter qualquer tipo de contato com ela, além de frequentar o endereço residencial dela. “Desse modo, a prisão provisória encontra amparo na necessidade de se acautelar a ordem pública, prevenindo-se a reiteração delitiva e buscando também assegurar o meio social e a própria credibilidade dada pela população ao Poder Judiciário”, pontua outro trecho da decisão.

O crime

Por volta das 20h de sexta-feira, Daniel atingiu a ex-namorada com nove facadas na região do pescoço e cabeça. Os golpes foram dados dentro do apartamento onde a vítima mora. Ela, que também foi esganada, está internada em estado gravíssimo. Após uma denúncia feita à Polícia Militar, o agressor foi preso em flagrante.

Daniel Vieira Sampaio tem histórico de violência. Ao Correio, vizinhos da vítima relataram que o agressor arrombou o portão de ferro do prédio onde a mulher mora, na 716 Norte, há alguns meses. De acordo com os vizinhos, o relacionamento dos dois era conturbado e repleto de idas e vindas.

Agência Brasil

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS