9 agosto 2022 8:55
9 agosto 2022 8:55

Jovem acusa “Pai me dá um real” de tentativa de estupro em agência bancária de Rio Branco

Por Saímos Martins do Ac24horas

- Publicidade -

A jovem Jarlilsa Souza Araújo, 24 anos, declarou ao ac24horas neste domingo, 10, que foi vítima de assédio sexual e tentativa de estupro por parte do morador em situação de rua Ivanildo Barata da Silva, conhecido como: “Pai me dá um real”, nas dependências da Caixa Econômica, localizado no Centro de Rio Branco, na tarde de sábado, 9.

Segundo a estudante, o assédio começou quando estava indo realizar um saque para um familiar na agência bancária. Nesse momento, o morador de rua começou a lhe seguir na agência bancária. No local, o homem tentou estuprá-la. “Eu ia sacar dinheiro para meu tio e quando fui entrando ele me seguiu. Lá dentro, eu tentei me esquivar e ele disse que queria outra coisa e pediu para eu baixar as calças. Eu neguei, ele segurou meu braço, eu puxei, me afastei e pedi para ele sair. Depois, ameacei chamar a polícia. As pessoas viram, mas, ninguém fez nada”, declarou.

Após o incidente, a jovem tentou fazer um boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil, porém, foi orientada a fazer uma denúncia no Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC). “Amanhã vou lá”, avisou.

Bastante abalada, Jarlilsa disse que precisou buscar tratamento médico após o susto. “Fui ao médico pois tive nervosismo. Eu fui atendida na Upa da Sobral”, comentou.

Recentemente, o morador de rua foi avistado se masturbando dentro de um transporte coletivo na capital. As imagens na época, foram divulgadas nas redes sociais.

Veja o vídeo:

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS