10 agosto 2022 2:34
10 agosto 2022 2:34

Isolado, Ciro muda tom de ataque contra Lula e sinaliza que esta eleição pode ser sua última

Por Brasil 247

- Publicidade -

Há apenas dois dias, durante sabatina na GloboNews, pedetista afirmou que não vê como apoiar Lula em um eventual segundo turno e ainda chamou o petista e seus aliados de corruptos.

Sentindo seu isolamento político e estagnação nas pesquisas de intenção de voto, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, recuou de seus costumeiros ataques ao ex-presidente Lula e ao PT.

Falando durante evento organizado pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, na Universidade de Brasília, nesta sexta-feira, 29, o ex-ministro tratou o petista líder nas pesquisas como o “maior líder popular da história do Brasil”.

Ciro afirmou que seus ataques são direcionados a ideias de Lula, e não ao petista pessoalmente. “Nós não vamos dizer que o Ciro atacou o Lula na reunião do SBPC. Eu cansei de dizer que são boas pessoas, eu andei com eles o tempo todo. Eu estou atacando ideias, políticas, equívocos grosseiros”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS