8 agosto 2022 10:50
8 agosto 2022 10:50

Investigação aponta que Zé Luiz pretendia matar policiais e autoridades

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Zé Luiz, morto no confronto com a polícia, foi identificado pela investigação como uma das lideranças mais perigosas do CV na região do Juruá e Vale do Ucayali, onde se escondia no Peru.

Sua especialidade, era sempre elaborar planos para fazer grandes assaltos a fim de arrecadar recursos, para fortalecer o tráfico de drogas e armas em toda a região.

Durante os mais de três meses de a investigação a polícia confirmou que o acusado teria vindo do Peru para a região do Juruá com cerca de 60kg de munições, para envio a outros estados.
O criminoso tinha forte ligação com traficantes em vários estados do Brasil. Ele foi o principal responsável por sequestros e assaltos na região do Juruá, além de ter sido o mentor intelectual de outros crimes cometidos ao longo dos meses.

Por ser foragido da justiça, Zé Luiz estava sempre em movimentação. Quando se sabia da possível presença dele na região, a investigação da Polícia Civil em parceria com outras forças, se desdobravam para captura-lo, sabendo que o mesmo tinha acesso a armas de grosso calibre e granada.

Outra informação levantada pelos investigadores da polícia civil é que Zé Luiz se preparava para matar policiais e autoridades, inclusive ele já havia articulado com outras lideranças do CV até fora do estado do Acre, pedindo autorização para que ele pudesse matar policiais e até autoridades.

Fonte: Juruá24horas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS