13 agosto 2022 12:46
13 agosto 2022 12:46

“Interceptor”, novo filme de Chris Hemsworth na Netflix, foi considerado o “pior do ano”

Top 1 do streaming, filme produzido pelo astro e estrelado pela esposa não agradou especialistas e foi criticado nos bastidores

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

“Interceptor”, recém-chegado ao catálogo da Netflix, conquistou o top 1 entre os usuários brasileiros, mas não fez o mesmo sucesso com a crítica. Mesmo sendo produzido por Chris Hemsworth, o longa da gigante do streaming não caiu no gosto de especialistas e foi considerado por eles como o “pior do ano”. Entenda!

Por que “Interceptor” não agradou a crítica especializada

“Interceptor” gira em torno do lançamento de 16 misseís em direção aos Estados Unidos, com direito a um violento ataque simultâneo que ameaça a estação interceptora de mísseis.

Nesse cenário caótico, uma capitã do Exército é forçada a usar seus anos de treinamento tático e militar para salvar a estação onde está no comando, assim como a própria humanidade.

Produzido por Chris Hemsworth, “Interceptor” tem Elsa Pataky como protagonista, ao lado de Luke Bracey. A crítica especializada não se empolgou com o thriller de ação e o acusou de ser o pior de 2022.

No Rotten Tomatoes, site considerado referência no ramo cinematográfico, a aprovação dos críticos ficou em 43%, média obtida diante das avaliações de 300 especialistas, contra 29% do público que usa a plataforma.

Os comentários pedem que o público nem perca tempo assistindo ao filme, além de apontar como a construção foi clichê, tendo suas expectativas frustradas, também nas sequências de ação, onde esperavam mais adrenalina.

“‘Interceptor’ é um filme terrível, horrível, nada bom, muito ruim. É monótono”, escreveu Wenlei Ma, de um portal australiano.Johnny Oleksinski, do New York Post, concordou com o comentário: “Digamos que você não clicou em ‘play’ na esperança de um enredo envolvente, personagens desenvolvidos e uma reviravolta decente. Tudo bem. Mas você também ficará desapontado com as sequências de ação”.

Fonte/ Portal Zappeando

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS