13 agosto 2022 5:32
13 agosto 2022 5:32

Homem que passou por transição para ser garota trans decide passar pela “destransição” e voltar a ser homem. “O importante é ser fiel a si mesmo”

Após muitos questionamentos e preconceitos por causa da transição, ela decidiu voltar a ser homem!

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Depois de anos de transição como garota, ele se arrependeu do que fez e sentiu que é homem!

Conforme os anos passam, é mais comum vermos as pessoas da comunidade LGBTQIA+ serem mais livres, vivendo como se sentem. A comunidade tem aumentado exponencialmente, em que muitos se descobrem e fazem mudanças para se sentir melhor consigo mesmos. Como é o caso da história de um jovem que passou pela transição, pois queria viver como mulher, mas voltou a se sentir homem.

De acordo com o Infobae, Emiliano, antes chamado de Milena, agora é um novo homem. Com tórax plano novamente, duas cicatrizes horizontais por onde foram removidas as próteses de silicone e sem precisar usar o truque para “espremer os genitais”, ele passou pelo processo de mudança novamente para viver como se sente.

Confusão na infância

A infância de Emiliano, em Mar del Plata (Argentina), foi entre suas bonecas, desfilando secretamente com a saia da mãe, ao mesmo tempo que jogava videogame e futebol com os amigos.

Implicitamente, ele sabia que meninos eram destinados a gostar de meninas, porém, quando um menino de sua escola se assumiu bissexual, aos 14 anos, Emiliano também se assumiu bissexual para a família. Mais tarde, quase aos 17 anos, ele percebeu com suas experiências que não gostava de garotas, então se assumiu gay.

Direitos autorais: Reprodução / Infobae.

Apesar disso, sua orientação sexual era sempre muito confusa. Segundo relato ao Infobae, Emiliano se vestiu de “travesti” para uma festa, que na época era considerada fantasia, apenas para experimentar como seria e, alguns anos depois, passou a fazer shows como drag queen.

Foi assim que nasceu Milena, um personagem, mas imediatamente encontrou nela um empoderamento que nunca tinha sentido. Em certo momento, não queria mais ser quem era, queria mesmo era usar cabelo comprido e sutiã.

Transição

No Ano-Novo, em 2016, Emiliano finalmente se revelou como Milena. Por seu rosto ainda ser de uma garota trans, começou a transição e pediu às pessoas para se referir a ela com pronomes femininos.

Como não tinha apoio da família, a fase foi muito difícil, mesmo assim não desistiu, colocou prótese de silicone, preencheu os lábios e começou a usar aplique de cabelo e calcinha bem apertada para esconder o órgão genital.

Tudo que sua mãe lhe pedia era que Milena não se envolvesse com prostituição, porém assim que começou a transição, ignorando as súplicas da mãe, começou a se prostituir. Ele chegou a procurar emprego em lojas de roupas, onde as empresas a aceitariam como era, porém o salário era muito baixo. Então, recebendo muitas propostas de homens heterossexuais, ela começou a se garantir financeiramente por meio da prostituição, assim conseguir viajar, alugar um apartamento e fazer uma cirurgia.

Arrependimento

Nos anos em que viveu como Milena, usou todos os recursos possíveis para se transformar fisicamente numa mulher e também trocou o gênero nos documentos pessoais, porém decidiu-se pela “destransição” de gênero que, de acordo com o Centro Nacional para a Igualdade de Transgêneros, significa reviver o sexo atribuído no nascimento.

Fonte/ Portal O Segredo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS